Diferenças entre edições de "Páli"

90 bytes adicionados ,  14h05min de 10 de maio de 2017
o texto que mencoina a origem da língua foi alterado.
m
(o texto que mencoina a origem da língua foi alterado.)
''Se foi redirecionado para esta página e não é a que procura, consulte: [[Pali (desambiguação)]].''
 
O '''páli''' (पाऴि, [[Transliteração|transliterado]] ''pāḷi''; significando "linha" e, por extensão, "texto", então "língua do texto".)<ref name="Darmapada 2010. p. 33">''Darmapada: a doutrina budista em versos''. Tradução de Fernando Cacciatore de Garcia. Porto Alegre, RS. L&PM Editores. 2010. p. 33.</ref> é uma [[língua litúrgica]] utilizada na escola [[Teravada]] do [[budismo]]. Pertence ao [[tronco linguístico]] [[línguas indo-européias|indo-europeu]]. Foi criado por [[Sidarta Gautama]], o fundador do budismo, por volta do [[século V a.C.]] para redigir seus [[Sermão|sermões]] a partir do [[magádi]] popular, que eraÉ uma forma não erudita (ou [[prácrito]]) do magádi utilizada pelas pessoas mais pobres do antigo [[Reino de Mágada]].<ref name="Darmapada 2010. p. 33"/> Pode-se dizer que o páli é uma forma simplificada de [[sânscrito]]. A sua fama advém de ser a língua naantiga qual foram registradas as escrituras do [[budismo]] [[theravada]]indiana, conhecidas como o [[Tipitaka|cânone páli]], no [[Sri Lanka]] no [[século I a.C.]]. A língua teve representação escrita numa variedade de [[sistemas de escrita]], do [[brahmi]] ao [[devanagari]] e outros sistemas de escrita índicos até uma forma [[alfabeto latino|romanizada]] desenvolvida por [[Thomas William Rhys Davids|T. W. Rhys Davids]],próxima dadaquela ''Palifalada Textpelo Society''Buddha.
 
Pode-se dizer que o páli é uma forma simplificada de [[sânscrito]]. A sua fama advém de ser a língua na qual foram registradas as escrituras do [[budismo]] [[theravada]], conhecidas como o [[Tipitaka|cânone páli]], no [[Sri Lanka]] no [[século I a.C.]]. A língua teve representação escrita numa variedade de [[sistemas de escrita]], do [[brahmi]] ao [[devanagari]] e outros sistemas de escrita índicos até uma forma [[alfabeto latino|romanizada]] desenvolvida por [[Thomas William Rhys Davids|T. W. Rhys Davids]], da ''Pali Text Society''.
Alguns budistas da escola Teravada acreditam que o páli foi a língua falada por [[Sidarta Gautama|Buda]]. Entretanto, é incerto se ela sequer chegou a ser de fato uma língua falada. Muitos pesquisadores mantêm que era uma língua puramente literária criada a partir de alguns [[dialeto]]s hindus, sendo o [[magádi]] (língua do [[Reino de Mágada]]) um dos mais prováveis ancestrais.
 
AlgunsPorém, autores dizem que budistas da escola Teravada acreditam que o páli foi a língua falada por [[Sidarta Gautama|Buda]]. Foi criada por [[Sidarta Gautama]], o fundador do budismo, por volta do [[século V a.C.]] para redigir seus [[Sermão|sermões]] a partir do [[magádi]] popular, que era uma forma não erudita (ou [[prácrito]]) do magádi utilizada pelas pessoas mais pobres do antigo [[Reino de Mágada]].<ref name="Darmapada 2010. p. 33" /> Entretanto, é incerto se ela sequer chegou a ser de fato uma língua falada. Muitos pesquisadores mantêm que era uma língua puramente literária criada a partir de alguns [[dialeto]]s hindus, sendo o [[magádi]] (língua do [[Reino de Mágada]]) um dos mais prováveis ancestrais.
[[File:Tipitaka Kyauksa. Kuthodaw Pagoda, Mandalay, Myanmar.JPG|thumb|Placa de [[mármore]] com trecho do [[Tipitaka]] escrito em páli]]
{{Commons|Category:Pali (language)}}
22

edições