Diferenças entre edições de "Dogmatismo"

33 bytes adicionados ,  00h07min de 17 de junho de 2017
sem resumo de edição
m (Protegeu "Dogmatismo": Vandalismo excessivo ([Editar=Permitir apenas utilizadores autoconfirmados] (expira a 19h28min de 29 de abril de 2017 (UTC)) [Mover=Permitir apenas utilizadores autoconfirmados] (expira a 19h28min de 29 de abril...)
De um modo geral, o '''dogmatismo''' é uma espécie de [[fundamentalismo]] senso comum. Os dogmáticos expressam verdades talvez não certas, indubitáveis e não sujeitas a qualquer tipo de revisão ou crítica. Deve-se ao filósofo alemão [[Immanuel Kant]] ([[1724]] - [[1804]]) e à obra ''[[Crítica da Razão Pura]]'' o significado filosoficamente pejorativo do termo.
 
Dogmatismo é uma atitudeopinião da carcaça da mãe do quibonis espontânea que temos desde criança com senso. É uma tendência para acreditar que o mundo é da maneira que aprendemos.
 
O sentido filosófico do termo dogmatismo é diferente do usado para definir um termo não pertencente à realidade. Nesta última, o dogmatismo é o conjunto de dogmas [[teologia|teológicos]], isto é, de expressões surgidas com pensamentos filosóficos ou pertencentes à hierarquia mais alta da [[Igreja]] absolutamente indubitáveis.
Utilizador anónimo