Diferenças entre edições de "Catira"

148 bytes adicionados ,  21h15min de 22 de agosto de 2017
m
Foram revertidas as edições de 179.214.35.7 para a última revisão de O revolucionário aliado, de 18h05min de 22 de agosto de 2017 (UTC)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Foram revertidas as edições de 179.214.35.7 para a última revisão de O revolucionário aliado, de 18h05min de 22 de agosto de 2017 (UTC))
A '''catira''', que também pode ser chamada de cateretê<ref>[http://www.sbpcnet.org.br/livro/63ra/conpeex/extensao-cultura/trabalhos-extensao-cultura/extensao-cultura-carlos-gustavo.pdf Catira ou cateretê - dança do folclore brasileiro]</ref>, é uma [[dança]] do [[folclore]] [[brasil]]eiro, em que o ritmo [[música|musical]] é marcado pela batida dos pés e mãos dos dançarinos. De origem híbrida, com influências [[ameríndio|indígenas]], [[áfrica|africanas]] e [[Europa|europeias]], a catira (ou "o catira") tem coreografia executada no Brasil, (boiadeiros e lavradores) e pode ser formada por seis a dez componentes e mais uma dupla de violeiros, que tocam e cantam a moda.
 
É uma dança típica do interior do [[Brasil]], principalmente na área de influência da cultura sertaneja ([[Mato Grosso]], [[Goiás]], norte do [[Paraná]], [[Minas Gerais]], Espírito Santo, [[Mato Grosso do Sul]], [[Tocantins]] e principalmente [[São Paulo]]).
 
A [[coreografia]] da catira apesar de parecer semelhante varia bastante em determinados aspectos, havendo diferenças nítidas de uma região para outra. Normalmente é apresentada com dois [[viola caipira|violeiros]] e dez dançarinos.