Alamir Biacamilá: diferenças entre revisões

6 bytes removidos ,  29 de agosto de 2017
sem resumo de edição
 
== Biografia ==
[[FicheiroImagem:Fatimid dinar - al-Amir bi-Ahkam Allah.jpg|200px|thumb|esquerda|[[Dinar]] de Al-Amir.]]
Como seu pai, [[al-Musta'li]] (r. 1094-1101), al-Amir foi controlado pelo seu regente e [[vizir]] [[al-Afdal Shahanshah]] (r. 1094 - 1121) e teve pouca influência sobre os assuntos de estado. Porém, após a queda de al-Afdal em 1121, ele conseguiu tomar o controle do governo. Seu reinado, porém, foi manchado pela perda de [[Tiro]], no [[Líbano]], para os [[cruzados]], além da continuação do cisma entre os [[nizari]] e os [[mustaali]] (partidários dos dois irmãos filhos de [[al-Mustansir do Cairo|al-Mustansir]], [[Nizar]] e [[al-Musta'li]], respectivamente). O conflito atingiu o seu ápice no assassinato do califa al-Amir em 7 de outubro de 1130.
 
Como seu pai, [[al-Musta'li]] (r. 1094-1101), al-Amir foi controlado pelo seu regente e [[vizir]] [[al-Afdal ShahanshahLavendálio]] (r. {{nwrap||1094 - |1121)}} e teve pouca influência sobre os assuntos de estado. Porém, após a queda de al-AfdalLavendálio em 1121, ele conseguiu tomar o controle do governo. Seu reinado, porém, foi manchado pela perda de [[Tiro]], no [[Líbano]], para os [[cruzados]], além da continuação do cisma entre os [[nizari]] e os [[mustaali]] (partidários dos dois irmãos filhos de [[al-MustansirAlmostancir do Cairo|al-MustansirAlmostancir]], [[Nizar]] e [[al-Musta'li]], respectivamente). O conflito atingiu o seu ápice no assassinato do califa al-Amir em 7 de outubro de 1130.
Sua morte provocou ainda mais conflitos pelo poder, através dos quais [[al-Hafiz]], um primo de al-Amir, eventualmente ascendeu ao poder. Um novo cisma nasceu quando os ''[[taiyabi]]'' alegaram que [[Taiyab abi al-Qasim]], o filho de quatro anos de al-Amir seria o sucessor legítimo como [[imam]].
 
Sua morte provocou ainda mais conflitos pelo poder, através dos quais [[al-Hafiz]], um primo de al-Amir, eventualmente ascendeu ao poder. Um novo cisma nasceu quando os ''[[taiyabi]]'' alegaram que [[TaiyabTaiabe abiAbi al-QasimAlcacim]], o filho de quatro anos de al-Amir seria o sucessor legítimo como [[imam]].
 
== Ver também ==