Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 02h46min de 28 de janeiro de 2018
→‎Terrorismo: Trecho de citação de fonte primária. Não enciclopédico
 
Inicialmente Page destaca o [[Manifesto Comunista]], a Mensagem do Comitê Central à Liga dos Comunistas (1850), e as publicações do ''Die Neue Rheinische Zeitung'' (Nova Gazeta Renana), publicado em [[Colônia (Alemanha)|Colônia]] a partir de 1 de junho de [[1848]] a 19 de maio de [[1849]]. Marx e Engels dirigiram o jornal, Marx sendo o seu redator-chefe. No artigo ''"Marx e a Nova Gazeta Renana"'' publicado em 1884 Engels declara ''"A composição editorial era simplesmente a ditadura de Marx"''. [[Lênin]] descreveu o jornal como ''"o mais belo e insuperável órgão do proletariado revolucionário"''{{carece de fontes|data=janeiro de 2018}}.
 
=== Terrorismo ===
Engels publicou na ''Nova Gazeta Renana'' dois artigos intitulados ''"The Magyar Struggle"'' (A luta Húngara) [http://www.marxists.org/archive/marx/works/1849/01/13.htm] e ''"Democratic Pan-Slavism"'' (Pan-eslavismo Democrático). [http://www.marxists.org/archive/marx/works/1849/02/15.htm]
 
Engels prescreveu em ''"Democratic Pan-Slavism"'' que: ''"Somente pelo mais determinado '''terrorismo''' contra os povos Eslavos nós poderemos, juntamente com os poloneses e húngaros, assegurar a Revolução"''. E na mesma página escreve ele: ''Então haverá uma luta, uma luta de vida-e-morte inexorável com o Eslavismo que trai a revolução; uma batalha de '''aniquilação e terrorismo cruel''' - não nos interesses da Alemanha, mas nos interesses da Revolução!"
 
Em ''"The Magyar Struggle"'' Engels afirma: ''"... Entre todas as grandes e pequenas nações da Áustria, somente três lideranças do progresso tiveram uma parte ativa na história e retêm ainda sua vitalidade – Alemães, Poloneses e Húngaros. Por isso eles são revolucionários.''
 
''Todas as outras grandes e pequenas nacionalidades e povos estão destinados a '''perecer''' num futuro próximo na tempestade revolucionária mundial. Por esta razão eles são contra-revolucionários.''
 
''[...] A próxima guerra mundial resultará no '''desaparecimento da face da terra''' não somente das '''classes''' e das dinastias reacionárias, mas também de todos os '''povos''' reacionários. E isso, também, é um passo adiante."''
 
=== O "Plano de guerra contra a democracia" ===