Convênio de Taubaté: diferenças entre revisões

310 bytes adicionados ,  1 de maio de 2018
sem resumo de edição
m (Desfeita a edição 51865254 de 177.95.190.116 Disparate)
Etiqueta: Desfazer
==História==
===Antecedentes===
[[Imagem:Guilherme Gaensly - Reprodução de Mapa- "Map Showing The Distribution of Coffee Culture In The State Of S. Paulo (Brazil) For The Year 1901", Acervo do Museu Paulista da USP (cropped).jpg|thumb|direita|300 px|Mapa ilustrativo da distribuição da Cultura do Café em 1901 no estado de São Paulo.]]
No início do século XX, quando se configurou a crise da superprodução do café, o seu preço no mercado internacional caía sensivelmente, mobilizando os cafeicultores, que se reuniram para a criação de uma estratégia que mantivesse o preço do produto valorizado em momentos de crise. Essa estratégia firmou-se no Convênio de Taubaté. Já a partir da [[Pânico de 1893|crise de 1893]], que atingiu particularmente os [[Estados Unidos]], principal comprador do café brasileiro, o preço do café caiu 1/3 do valor daquele ano: de 4,09 [[libras]] a saca para 1,48 libras em 1899. A intervenção brasileira no nível internacional de preços do café só foi possível graças ao seu domínio na produção internacional, onde o país, sozinho, controlava três quartos da oferta mundial.
 
147 685

edições