Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido ,  01h02min de 17 de junho de 2018
m
== História ==
[[Imagem:35 History of the Russian state in the image of its sovereign rulers - fragment.jpg|thumb|left|Execução de Miguel na Horda de Ouro, por [[Vasily Vereshchagin]].]]
Na década de [[Década de 1230|1230]] ou [[Década de 1240|1240]], [[Jaroslau de Vladimir|Jaroslau]] , o Grão-Duque de [[Principado de Vladimir-Susdália|Vladimir]], deu a seu filho [[Alexander Nevsky]] a cidade de [[Tuéria]] do [[Principado de Pereyaslavl-Zalessky]], que anteriormente o pertencia.<ref name="GSE">{{citar livro|título=Тверское_княжество|url=http://dic.academic.ru/dic.nsf/bse/138545|publicado=[[Grande Enciclopédia Russa]]}}</ref> Em [[1246]], outro filho de Jaroslau, [[Jaroslau da Tuéria]], tornou-se o Príncipe da Tuéria, e o principado foi governado por seus descendentes até [[1485]], quando foi abolido.<ref name="britannica"/> Em [[1264]], Jaroslau foi nomeado o [[Grão-Duque de Vladimir]], o que na época significava que ele era a autoridade suprema de toda a Rússia do noroeste. No {{séc|XIII}}, o Principado da Tuéria era menos dependente da [[Horda de Ouro]] do que outros principados russos, e sua população crescia.<ref name="GSE"/> A combinação desses dois fatores levou à rivalidade entre Tuéria e Moscou, que estava tentando se tornar o principado russo mais influente.
 
Em [[1285]], [[Miguel I da Tuéria]], filho de [[Jaroslau da Tuéria]], sucedeu seu pai e se tornou o príncipe da Tuéria. Em [[1305]] ele se tornou o Grão-Duque de Vladimir também, no entanto, [[Öz Beg Khan]] da Horda de Ouro decidiu que Tuéria se tornou forte demais e apoiou Moscou contra Tuéria. Miguel foi convocado para a Horda de Ouro e executado lá em [[1318]]. Seu filho e sucessor, [[Demétrio da Tuéria]], foi executado na Horda de Ouro em [[1326]], e outro filho e também um príncipe da Tuéria, [[Alexandre da Tuéria]], foi executado em 1339, juntamente com seu filho [[Teodoro da Tuéria|Teodoro]]. Em [[1327]], houve um levante anti-[[Tártaros|tártaro]] no Principado da Tuéria, que foi suprimido. A cidade da Tuéria foi incendiada e o principado perdeu uma parte considerável de sua população. Tuéria nunca se recuperou daquilo e, por fim, Moscou, que conseguiu manter boas relações com os tártaros, absorveu todos os principados próximos e acabou se tornando a capital da Rússia.<ref name="GSE"/>
93

edições