Diferenças entre edições de "RPC Curitiba"

16 bytes removidos ,  00h53min de 15 de agosto de 2018
LE
(LE)
A TV Paranaense foi fundada em [[29 de outubro]] de [[1960]] pelo empresário Nagib Chede, sendo a primeira emissora de televisão do estado do [[Paraná]] e ocupando o Canal 12 de Curitiba. O estúdio da primeira transmissão foi no [[Edifício ASA]], quando Chede alugou dois apartamentos para sediar o canal.<ref>[http://www.jws.com.br/2014/07/nagib-chede-conta-como-fundou-o-canal-12-em-1960/ Nagib Chede conta como fundou o Canal 12] Portal de Notícias JWS</ref> A inauguração ocorreu às 19 horas daquele dia, com a presença do arcebispo Dom [[Manuel da Silveira d’Elboux]] e o então prefeito Iberê de Mattos. Após o discurso do fundador, Nagib Chede, foi exibido um episódio da série enlatada ''Susie, minha secretária favorita'', sendo este o primeiro programa oficial da TV Paranaense.<ref name="paranaense001">{{citar web|url= http://www.poshistoria.ufpr.br/documentos/2007/Maria%20Luiza%20G.%20Baracho.pdf|titulo= Modernidade em Preto e Branco|autor= Maria Luiza Gonçalves Baracho|publicado=[[Universidade Federal do Paraná]]|obra= |data=2007|acessodata=1 de fevereiro de 2011}}</ref>
 
Em 1965 foi a primeira emissora do estado a utilizar o sistema de [[videotape]]. Nesse mesmo ano a TV Paranaense passou a exibir parte dos programas da [[Rede Excelsior]], especialmente musicais e [[telenovela]]s.<ref name=paranaense002>{{citar web|url=http://www.historia.ufpr.br/monografias/2002/guadalupe_fernandez_presas.pdf|titulo= A Desregionalização da Televisão: Uma Análise do Fenômeno no Paraná|autor= Guadalupe Fernández Presas|publicado=[[Universidade Federal do Paraná]]|obra= |data=abril de [[2003]]|acessodata=1 de fevereiro de 2011}}</ref>
 
Nessa época o sinal da emissora chegava a outras localidades como [[Guarapuava]], [[Palmas (Paraná)|Palmas]] e [[União da Vitória]], além de repetidoras em [[Santa Catarina]], que ainda não possuía uma emissora de televisão.<ref name="paranaense001"/>
Na década de 1980, a TV Paranaense passa a liderar a ''Rede Paranaense de Televisão'', com a [[RPC Londrina|TV Coroados]] de [[Londrina]] e a [[RPC Maringá|TV Cultura]] de [[Maringá]].<ref name="paranaense002"/> Mais tarde outras cinco emissoras integrariam a rede. Anos depois, a rede passa a se chamar apenas ''Rede Paranaense''.
 
Em 1982, estreou em caráter experimental, a série especial ''Globo Shell Profissões''. A proposta principal era orientar os jovens a respeito das condições e perspectivas de desenvolvimento profissional, através da oferta de informações sobre as profissões técnicas e os seus respectivos mercados de trabalho. O grande sucesso do projeto no Paraná, levou a Rede Globo a exibir o programa em rede nacional a partir do ano seguinte, nas manhãs de sábado.<ref name=paranaense013>{{citar web|url=http://www.frm.org.br/main.jsp?lumPageId=FF8081811D6C7E31011D923D438A695E&lumS=projeto&lumItemId=FF80808122E7186D01230A2885203A70&tagId=2815C7F847E348A4A3EE5AA9BC46C232|titulo= Fundação Roberto Marinho - Linha do Tempo|autor= |publicado=[[Fundação Roberto Marinho]]|obra= |data=[[2009]]|acessodata=1 de maio de 2014}}</ref>
 
Em 3 de janeiro de 1983, estreou o ''Bom Dia Paraná'', primeiro telejornal matutino da emissora, no ar até hoje. O telejornal baseou-se no modelo do ''[[Bom Dia São Paulo]]'', que inspiraria o ''[[Bom Dia Brasil]]'', que estreava nessa mesma época.
 
Em 1984, o ''Jornal Estadual'' que tinha duas edições à tarde e antes do ''[[Jornal Nacional]]'', ganha uma 3ª edição após o ''[[Jornal da Globo]]'', e antes do mesmo telejornal em [[1987]]. Essa 3ª Edição foi extinta no início de 1989.
 
Em 1985, por intermédio de Francisco Cunha Pereira Filho, a TV Paranaense inicia a campanha televisiva ''Bicho do Paraná'', em parceria com o [[Banco Bamerindus]] (atual [[HSBC]]), veiculada nos intervalos comerciais da emissora. A espinha dorsal da série era divulgar o talento de pessoas nascidas no Paraná. A série é considerada a mais longa da televisão brasileira,<ref name=paranaense003/> ficando no ar durante dez anos ininterruptos.
== Curiosidades ==
[[Ficheiro:Castelo do Batel 2015 (3).JPG|thumb|219x219px|O [[Castelo do Batel]], que abrigou a sede da RPC Curitiba entre 1969 e 2003]]
[[Ficheiro:RPC TV Curitiba (4).JPG|thumb|Sede atual da RPC Curitiba no bairro das [[Mercês (Curitiba)|Mercês]], utilizada desde [[2003]]]]
 
A primeira sede da emissora foi no 21º andar do Edifício Tijucas, no [[Centro (Curitiba)|centro da capital]]. Os primeiros funcionários da emissora eram, em sua maioria, oriundos da [[Rádio Clube Paranaense]].