Abrir menu principal

Alterações

12 bytes adicionados, 15h01min de 20 de setembro de 2018
Desfeita a edição 53170973 de 179.55.179.130: não há lógica gramatical em colocar esses traços no lugar de vírgulas.
|assinatura =[[Imagem:Bertrand Russell signature.svg|180px]]
}}
'''Bertrand Arthur William Russell, 3.º Conde Russell''' <small>[[Ordem de Mérito (Reino Unido)|OM]] [[Royal Society|FRS]]</small><ref>{{Citar periódico |ultimo=Kreisel |primeiro=G. |autorlink= |data= |ano=1973 |titulo=Bertrand Arthur William Russell, Earl Russell. 1872-1970 |jornal=Biographical Memoirs of Fellows of the Royal Society |volume=19 |paginas =583–526 |url=http://rsbm.royalsocietypublishing.org/content/19/583 |idioma=inglês |acessadoem =10 de janeiro de 2013 }}</ref> ([[Ravenscroft (Monmouthshire)|Ravenscroft]], [[País de Gales]], [[18 de Maio]] de [[1872]] — [[Penrhyndeudraeth]], País de Gales, [[2 de Fevereiro]] de [[1970]]) foi um dos mais influentes [[Matemática|matemáticos]], [[Filosofia|filósofos]] e [[Lógica|lógicos]] doque viveram no {{séc|XX|x}}. Em vários momentos na sua vida, ele se considerou um [[liberalismo|liberal]], um [[socialista]] e um [[pacifista]]. No entantoMas, também admitiu que nunca foi nenhuma dessas coisas em um sentido profundo.<ref>"I have imagined myself in turn a Liberal, a Socialist, or a Pacifist, but I have never been any of these things, in any profound sense."—''Autobiography'', p. 260.</ref> Sendo um popularizador da filosofia, Russell foi respeitado por inúmeras pessoas como uma espécie de profeta da vida racional e da criatividade. A sua postura em vários temas foi controversa.<ref name="ORI">{{citar web|url=http://www.orientalia.org/wisdom/Philosophy/Bertrand_Russell.shtml|título=Bertrand Russell|publicado=Orientalia|acessodata=10 de dezembro de 2011}}</ref>
 
Russell nasceu em 1872, no auge do poderio econômicoeconómico e político do [[Reino Unido]], e morreu em 1970, vítima de uma [[gripe]], quando o império se tinha desmoronado e o seu poder drenado em duas guerras vitoriosas mas debilitantes. Até à sua morte, a sua voz deteve sempre autoridade [[moral]], uma vez que ele foi um crítico influente das armas nucleares e da guerra estadunidense no [[Vietnã]]. Era inquieto.<ref name="PKE">{{citar web|url=http://www.personal.kent.edu/~rmuhamma/Philosophy/bertrandRussell.html|título=Bertrand Arthur William Russell|autor=Muhammed, Reahid Bia|publicado=Personal Kent Edu|acessodata=10 de dezembro de 2011}}</ref>
 
Recebeu o [[Nobel de Literatura]] de 1950, "''em reconhecimento dos seus variados e significativos escritos, nos quais ele lutou por ideais humanitários e pela liberdade do pensamento''".<ref name="IEUL">{{citar web|url=http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/seminario/russell/|título=Bertrand Arthur William Russell|publicado=Instituto de Educação da Universidade de Lisboa|acessodata=10 de dezembro de 2011}}</ref>
 
== Biografia ==