Abrir menu principal

Alterações

Vincent van Gogh

1 byte adicionado, 09h28min de 30 de novembro de 2018
m
A mãe de Van Gogh vinha de uma família próspera de [[Haia]],<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|pp=14–16}} </ref> enquanto seu pai era o filho mais novo de um pastor.<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|p=59}} </ref> Os dois se conheceram quando Cornelia, a irmã mais nova de Anna, casou-se com Vincent (apelidado de Cent), o irmão mais velho de Theodorus. Os pais de Van Gogh casaram-se em maio de 1851 e mudaram-se para Zundert.<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|p=18}} </ref> Seu irmão mais novo [[Theo van Gogh (comerciante de arte)|Theodorus]] (apelidado de Theo) nasceu em 1 de maio de 1857. Existiam também um irmão chamado Cor e três irmãs: Elisabeth, Anna e [[Wil van Gogh|Willemina]] (apelidada de Wil). Van Gogh permaneceu em contato mais adiante na sua vida apenas com Theo e Wil.<ref> {{harvnb|Walther|Metzger|1994|p=16}} </ref> Sua mãe era uma mulher rígida e religiosa que enfatizava a importância da família ao ponto da claustrofobia daqueles ao seu redor.<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|pp=23–25}} </ref> O salário de seu pai era modesto, porém a igreja fornecia aos Van Gogh uma casa, uma criada, dois cozinheiros, um jardineiro, uma carruagem e um cavalo, com Anna instilando nos filhos um dever de manter a alta posição social da família.<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|pp=31–32}} </ref>
 
[[Ficheiro:Theo van Gogh at circa 15 years of age cropped.jpg|thumb|upright|Theo van Gogh {{circa|1866}}, aos trezequinze anos de idade. <ref>{{citar web|url=https://www.theguardian.com/artanddesign/2018/nov/29/blue-eyed-boy-in-famous-photo-is-not-vincent-van-gogh|título=Blue-eyed boy in famous photo is not Vincent van Gogh|acessodata=30 de novembro de 2018 }} </ref>]]
 
Van Gogh era uma criança séria e pensativa.<ref> {{harvnb|Sweetman|1990|p=13}} </ref> Foi educado em casa por sua mãe e governanta, sendo enviado em 1860 para uma escola do vilarejo e quatro anos depois colocado em um internato de [[Zevenbergen]],<ref name=tralbaut2535 > {{harvnb|Tralbaut|1981|pp=25–35}} </ref> onde se sentiu abandonado e fez campanha a fim de voltar para casa. Em vez disso seus pais lhe mandaram para uma escola secundária de [[Tilburgo]], onde foi extremamente infeliz.<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|pp=45–49}} </ref> Seu interesse por arte começou bem cedo, sendo encorajando a desenhar ainda criança por sua mãe.<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|pp=36–50}} </ref> Seus primeiros desenhos eram expressivos,<ref name=tralbaut2535 /> porém não chegavam perto da intensidade de seus trabalhos posteriores.<ref> {{harvnb|Hulsker|1980|pp=8–9}} </ref> Constantijn C. Huysmans, que fora um artista bem-sucedido em [[Paris]], ensinava estudantes em Tilburgo. Sua filosofia era rejeitar a técnica em favor de capturar as impressões das coisas, particularmente a natureza e objetos comuns. A profunda infelicidade de Van Gogh parece ter ofuscado as aulas, que aparentemente tiveram poucos efeitos;<ref> {{harvnb|Naifeh|Smith|2011|p=48}} </ref> ele voltou para casa repentinamente em março de 1868. Van Gogh mais tarde escreveu que sua juventude foi "austera, fria e estéril".<ref> {{harvnb|Van Gogh|2009}}, {{citar web|url=http://vangoghletters.org/vg/letters/let403/letter.html|título=403: To Theo van Gogh. Nieuw-Amsterdam, on or about Monday, 5 November 1883.|acessodata=7 de março de 2017 }} </ref>