Abrir menu principal

Alterações

Ajustes
{{ver desambiguação|Mérida|Mérida}}
{{Info/Cidade da Venezuela
|nome = Mérida
|bandeira = Flag of the city of Mérida, Venezuela.svg
|município = [[Municipio Libertador (Mérida, Venezuela)|Municipio Libertador]]
|fundação = [[9 de outubro]] de [[1558]]
|área = 2 050
|população = 840 000
|censo = 2001
|prefeito = Juan Barreto (2004 – 2008)
|website = [http://alcaldiamayor.gob.ve Página da prefeitura]
|latP = N |latG =8 |latM =35 |latS =12
|lonP = O |lonG =71 |lonM =9 |lonS =29
}}
'''Mérida''' (nome completo '''Santiago de los Caballeros de Mérida''') é uma [[cidade]] [[venezuela]]na, [[capital]] do [[Municipio Libertador (Mérida, Venezuela)|Municipio Libertador]] e do [[Mérida (estado)|Estado de Mérida]]. A cidade propriamente dita tem mais de 300 000 habitantes e a área metropolitana entre 450 000 e 1 000 000, sendo o maior centro estudantil e turístico do ocidente venezuelano, sede da prestigiosa [[Universidade de Los Andes (Venezuela)|Universidade de Los Andes]] e ostentando o [[teleférico]] mais alto e segundo mais longo do mundo.
A cidade situa-se na parte central da [[Andes|cordilheira andina]] venezuelana, em ampla encosta do [[vale]] médio do [[rio Chama]], entre a [[Sierra Nevada de Mérida]] a sudeste e a [[Sierra La Culata]] a noroeste. O centro histórico da cidade situa-se na [[meseta]] de origem aluvial chamada ''Tatuy''.
 
A [[hidrografia]] da cidade é composta por quatro [[rio]]s principais e algumas ribeiras menores nas zonas menos [[urbanização|urbanizadas]]; estas últimas só têm caudal apreciável nas épocas de maior precipitação. O rio mais importante é o Chama, seguido pelo rio [[Rio Albarregas|Albarregas]], que atravessa a meseta e a divide em duas partes: a ''Banda ocidental'' e a
''Banda oriental''. Estes afluentes percorrem a cidade de extremo a extremo. Os outros dois rios principais são o Mucujún e o Milla, que se unem aos anteriores. Na parte baixa da cidade, está a [[lagoa]] La Rosa, uma das 200 lagoas do estado de Mérida.
 
 
<div align=center>
{| {{prettytable}}
|+ <big>'''Estação aeroporto de Mérida</big>
|+ <small> Fonte: Força aérea da Venezuela<ref>F.A.V: ''Promedios climatológicos de Venezuela (1951 - 1980)''. Ciencias de la Tierra. ISBN 980-312-247-9</ref></small>
 
== Economia ==
A cidade de Mérida tem um dos menores índices de pobreza na Venezuela. De acordo com o censo de 2001 tem 18,09% de população pobre, sendo superada apenas por San Cristóbal (17,05%) e os municípios Chacao (8,69%), Baruta (11,22%) e San Antonio de Los Altos (6,13%) do Estado Miranda.
(Fonte:INE [http://www.ine.gov.ve/secciones/menuprincipal.asp?nedo=14&nvalor=4_6&seccion=4])
 
O turismo é a principal fonte de sustento da cidade, e uma de suas indústrias mais florescentes. A actividade turística se beneficia do potencial que oferecem as montanhas andinas em redor da cidade, tal como as atracções próprias da mesma, como os parques, museus, praças, entre outros. Nos últimos anos, graças à criação da única zona livre cultural, científica e tecnológica do país, a cidade começou a desenvolver-se no campo da tecnologia, graças ao apoio que deu a [[Universidade de los Andes]] na matéria.
 
Actualmente a cidade de Mérida se destaca a nível nacional pelo baixo custo de vida<ref>Eleazar Santos: ''Ciudades más atractivas para invertir''. Consejo nacional de promoción de inversiones. 19/07/05 Caracas, Venezuela. [http://www.conapri.org/investvenezuela/main.asp?id=1384&sec=special_report Enlace web]{{Ligaçãoligação inativa|data=janeiro de 2019}}.</ref> e seus altos rendimentos per capita de $ 4.381 (em relação ao custo de vida), ocupando o nono lugar entre as cidades da Venezuela.<ref>''Cifras de Paridad de Poder Adquisitivo (PPA)''. Instituto Nacional de Estadísticas.</ref>. O sector serviços tem uma importante percentagem dos rendimentos do Estado. Em Mérida havia 82&nbsp;537 pessoas na população economicamente activa, das quais 6,57% está [[Desemprego|desocupada]].<ref>Corpoandes: ''Esquema de contenido Dossier das entidades federales; Mérida''. Mérida, Venezuela. [http://www.funtha.gov.ve/fundacite2005b/download/dossiermerida.pdf Archivo .pdf] {{Wayback|url=http://www.funtha.gov.ve/fundacite2005b/download/dossiermerida.pdf# |date=20061012183403 }}.</ref>.
 
=== Setor terciário ===
A cidade turística por excelência do país, é um dos destinos mais conhecidos no âmbito nacional e internacional.
 
A infraestrutura hoteleira é composta por diversas classes de locais de hospedagem para todos os tipos, dispondo de numerosas pousadas e apartamentos para turistas, com oferta de serviços básicos. Pelo menos metade dos hotéis do estado (uns 70, e umas 63 pousadas) localizam-se na cidade, representando 35% do total estatal. Em conjunto, somam 2.650 camas, 58% do total de camas disponíveis no estado.<ref>CORMETUR: Servicios turísticos.</ref>. Três grandes hotéis de cinco estrelas uniram-se à infraestrutura hoteleira da cidade antes de 2007, quando Mérida foi sede da copa América de futebol.
 
Sendo um dos principais sectores económicos de Mérida, o sector comercial está distribuído sobretudo dentro do núcleo central, onde se pode adquirir uma grande variedade de produtos. Algumas lojas notáveis da cidade pelos produtos que oferecem são o ''Mercado Principal de Mérida'' e a ''Heladería Coromoto''. O Mercado Principal caracteriza-se pela oferta de artesanato, gastronomia, e variados bens típicos da região. A ''Heladería Coromoto'' é outra das lojas afamadas da cidade pela originalidade de ser a loja de gelados que tem maior variedade de sabores de gelado à escala mundial, com mais de 800 opções.<ref>709 Sabores. Cfr. ''World Guinness Records'', 1991.</ref>.
 
Para os que gostam de ir às compras e passar um dia desfrutando das lojas ou das feiras de comida, existem o Centro Comercial Las Tapias e o Centro Comercial Alto Prado, na Av. Andrés Bello e na Av. Los Próceres respectivamente, onde além de compras se podem ver os últimos filmes no cinema. Actualmente estão em construção três centros comerciais de maior tamanho na Av. Las Américas como o Rosario Mall, o Plaza Mayor, o Rodeo Plaza e, segundo os rumores e comentários, proximamente o Sambil Merida, os quais ampliaram a oferta para os meridenhos no momento de ir às compras.
Para 2006, segundo o padrão de crescimento vegetativo da área (situado entre 2,1% e 3% anual), a população deve ter alcançado os 230&nbsp;000 habitantes, enquanto que a área metropolitana poderia chegar aos 350&nbsp;000, graças ao crescimento acelerado que teve a cidade de Ejido, um dos maiores da zona andina.
 
Outras estimativas indicam que a população real da cidade alcance actual e aproximadamente 250&nbsp;000 habitantes e que a área metropolitana poderá ter chegado já aos 350&nbsp;000 habitantes.<ref>Instituto de Investigaciones Económicas y Sociales: ''Mérida, Proyección de la población por municipios y parroquias, al (30-06) 1990 - 2020''. Universidad de Los Andes, Venezuela. [http://iies.faces.ula.ve/Proyecciones_de_Poblacion/Mérida.htm Enlace web].</ref>.
 
A população em Mérida é relativamente homogénea. Existe uma grande comunidade estrangeira, resultado de correntes migratórias (intercontinentais e intracontinentais) de épocas passadas, destacando-se a comunidade de procedências [[Itália|italiana]], [[Portugal|portuguesa]] e [[Colômbia|colombiana]]. Segundo o censo de 1990, pouco mais de 4% da população da cidade (~7&nbsp;406 habitantes) era de procedência estrangeira.<ref>Instituto de Investigaciones Económicas y Sociales: ''Población nacida en el exterior por grupo de edad según sexo y país de nacimiento''. Universidad de Los Andes, Venezuela. [http://iies.faces.ula.ve/censo90/Merida/Generales/meri_gen_8_13.htm página web].</ref>.
 
== Infra-estrutura ==
Por se encontrar sobre uma meseta ou terraço, num pequeno vale, ocupando uma área de cerca de 10 a 15&nbsp;km de comprimento por 1 a 3&nbsp;km de largura, a cidade actualmente carece de espaço adicional para o desenvolvimento urbano. A sua área poligonal ocupa cerca de 60&nbsp;km²,<ref>ULA, Alcaldía de Mérida, Universidad de Catalunya, RedIALA: ''Jornadas de estudio prévio al Plan especial del Parque Metropolitano de Mérida''. 2003. Mérida, Venezuela. [http://www.rediala.org/jornadas03.pdf Archivo .pdf].</ref>, dos quais, pelo menos 25&nbsp;km² ocupados pela cidade, e o resto pelas zonas de menor desenvolvimento ou alguns acidentes geográficos, tais como taludes ou montanhas.
 
O urbanismo é de estilo desordenado, apenas orientado pelos eixos viários construídos nas décadas passadas. O traçado do Centro ou "''Núcleo Histórico''" é de estilo colonial espanhol, traçado por 8 avenidas principais de sentido este - oeste e 40 ruas de sentido norte - sul, criando quadrículas, ou quarteirões de aproximadamente 50 a 100&nbsp;m de lado.
A zona sudoeste da cidade, antigamente sede de grandes fazendas produtoras de [[cana-de-açúcar|cana de açúcar]], deu lugar há algumas décadas aos grandes desenvolvimentos urbanos, na maioria de tipo residencial unifamiliar, chegando quase até ao ponto de unir-se com a cidade de [[Ejido (Mérida, Venezuela)|Ejido]]. Na actualidade, esta última dista dos limites de Mérida menos de 2&nbsp;km. Ambas cidades se encontram ligadas por uma extensa avenida que vai das imediações do Centro da cidade de Mérida até aos limites da cidade de Ejido. Nesse ponto, esta via passa a converter-se numa estrada, e conduz até à cidade de [[El Vigía]] unindo assim a [[área metropolitana de Mérida (Venezuela)|área metropolitana de Mérida]].
 
Apesar do limitado espaço físico para o desenvolvimento, Mérida tem o maior índice de áreas verdes por habitante da Venezuela, graças às suas numerosas praças e parques públicos, destacando-se entre estes o parque que rodeia o rio Albarregas. Várias propostas foram feitas pela faculdade de Arquitectura<ref>Igor Puentes: ''Proponen red de espaços públicos para mejorar calidad de vida de los merideños''. Universidad de Los Andes. 17/11/2005 Mérida, Venezuela. [http://www.ulauniversidad.com.ve/vnews/display.v/ART/2005/11/17/437cebf3d1c6b Enlace web]{{Ligaçãoligação inativa|data=janeiro de 2019}}.</ref> da Universidade de Los Andes para aumentar consideravelmente a atribuição de áreas preservadas de desenvolvimento, incrementando deste modo o índice de áreas verdes por habitante e reduzindo o impacto ambiental do crescimento demográfico.
 
=== Educação ===
* Universidade Nacional Aberta, [http://www.una.edu.ve/ UNA].
* Universidade Nacional Experimental das Forças Armadas, UNEFA.
* Instituto Politécnico Santiago Mariño, [http://www.iupsm.edu.ve/ IUPSM]{{Ligação inativa|1=|data=novembro de 2018 }}.
* Colégio Universitário Hotel Escola de Los Andes Venezuelanos, [http://www.hotelescuela.edu.ve/ CUHELAV].
* Instituto Santiago de los Caballeros de Mérida, [http://www.isantiagodeloscaballeros.net ISCM].
 
=== Saúde ===
A cidade goza do mais alto nível de qualidade de vida de Venezuela .<ref>Eleazar Santos: ''Ciudades más atractivas para investir''. Conselho nacional de promoção de investimentos. 19/07/05 Caracas, Venezuela. [http://www.conapri.org/investvenezuela/main.asp?id=1384&sec=special_report Enlace web]{{Ligaçãoligação inativa|data=janeiro de 2019}}.</ref>. A área urbana de Mérida contava em 2000 com 36 centros de saúde distribuídos da seguinte maneira: um Hospital Tipo I, um Hospital Tipo III e um Hospital Tipo IV, situados na cidade de Mérida; 15 Ambulatórios Urbanos, 4 do Tipo III e 11 do Tipo I. També, dispõe de 18 Ambulatórios Rurais, 13 de Tipo II w 5 de Tipo I.
 
Como noutros aspectos, a universidade de Los Andes e as suas instalações estão muito ligadas à cidade, e a infraestrutura médica está composta na maioria por centros hospitalares pertencentes a esta última e centros de saúde de carácter privado. Entre os hospitais públicos que oferecem serviço de forma gratuita se destaca o ''Instituto Autónomo Hospital Universitário de Los Andes'', HULA o maior da região, assim como outros dois hospitais menores e um da [[Cruz Vermelha]] Venezuelana. Entre a infraestrutura hospitalar privada, habitualmente chamadas clínicas, destacam-se pelo seu tamanho o Hospital Clínico de Mérida, o Centro Clínico, a Clínica Mérida, a Clínica Albarregas e outra dezena de clínicas de menor tamanho.
;Catedral de Mérida: [[Basílica]] menor da cidade, de [[arquitectura barroca|estilo barroco]], construída a semelhança da [[Catedral de Toledo]], Espanha. É o principal templo católico da cidade e onde oficia missa o [[Arcebispo]] de Mérida.
 
;Iglesia del Carmen: A igreja de Nossa Senhora del Carmen, em frente da praça Colón e a dois quarteirões da catedral, é a mais antiga da cidade e foi sede da [[Companhia de Jesus]]. A igreja foi reconstruida depois do sismo de 1674 e passou a ser parte dos dominicanos em 1779 e da ''Sociedad del Carmen'' no século XIX. Entre 1812 e 1816, esta igreja serviu como catedral da cidade.<ref>[http://webdelprofesor.ula.ve/ciencias/lico/Libros/Visitanmerida/Otras_plazas.pdf Visitan Merida, Otras Plazas]</ref>.
 
;Iglesia de Milla: A original igreja de Juan Bautista de Milla foi erigida no século XVIII e reconstruída em 1907, depois de destruída no terremoto de 1894.<ref>op. cit.</ref>.
 
;Iglesia de la Tercera
 
;Iglesia del Llano: A igreja de Santa Cruz de El Llano é a única igreja de [[arquitectura gótica|estilo gótico]] em Mérida. Coberta de cores pastel, a igreja del Llano tem certa semelhança a uma monumental sobremesa. A predecessora da actual igreja tinha no interior a primeira cruz de madeira trazida de Espanha.<ref>op.cit.</ref>. A igreja del Llano está em frente da famosa [[Heladería Coromoto]].
 
;Palacio Arzobispal: Palácio de [[Renascimento|estilo renascentista]] em frente da praça Bolívar. Finalizado em 1951, serve de residência oficial para o arcebispo.
! Data|| Evento
|-
| [[1 de Janeiro]]<small> a </small><br />[[2 de Fevereiro]]</small> || ''[[:es:Paradura del niño|Paradura del niño]]''
|-
| [[2 de Fevereiro]] || ''Festas da Virgem Candelária''
|-
| Fevereiro || ''[[Feria del Sol (Mérida)|Ferias del Sol]]''
* Enciclopedia ''Conocer Venezuela''. Salvat. Navarra, Espanha. ISBN 84-345-4251-X.
 
== {{Ligações externas}} ==
{{commons|Mérida (Venezuela)|Cidade de Mérida}}
* [http://www.merida360.com/ Visita virtual a Mérida - fotografias panorâmicas - filme QuickTime e JAVA]