Abrir menu principal

Alterações

Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
Em [[2005]], o [[Ministério da Justiça]] estimou que 302.000 brasileiros viviam no [[Japão]]. Em [[2012]], o número de brasileiros vivendo no Japão era de 215.000. O número de brasileiros residentes no Japão teria tido essa redução em 7 anos, devido à [[Crise econômica de 2008-2009]], que havia tornado os empregos escassos, forçando muitos brasileiros a retornar ao [[Brasil]].<ref>{{citar web|url= http://www1.folha.uol.com.br/mundo/887250-cerca-de-250-mil-brasileiros-vivem-no-japao-veja-telefones-de-informacoes.shtml |título=Folha.com - Mundo - Cerca de 250 mil brasileiros vivem no Japão; veja telefones de informações - 11/03/2011 |primeiro = |último = |obra=www1.folha.uol.com.br |ano=2011|acessodata=29 de abril de 2011}}</ref> Segundo dados da [[Bloomberg]] de julho de 2017, a população de origem brasileira no Japão montava a 180.923 pessoas no referido ano.<ref name="Bloom" />
 
As províncias com mais brasileiros são [[Aichi]], [[Shizuoka]], [[Gifu]], [[Mie]], [[Saitama]], [[Gunma]] e [[Kanagawa]]. As cidades com mais brasileiros são [[Hamamatsu]] ([[Shizuoka]]), [[Nagoya]] ([[Aichi]]), [[Oizumi]] ([[Gunma]]), [[Shizuoka]] ([[Shizuoka]]), [[Gifu]] ([[Gifu]]) e [[Saitama]] ([[Saitama]])<ref name="dekassegui">{{Citar web |url=http://www.portaldekassegui.com/tabelanuncio.htm |titulo=Cópia arquivada |acessodata=2012-12-11 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20120912064239/http://www.portaldekassegui.com/tabelanuncio.htm |arquivodata=2012-09-12 |urlmorta=yes }}</ref>.
 
A turbulência financeira mundial, ocorrida em setembro de 2008, e a tragédia do [[Tsunami]] ocorrida em 2011 provocaram um efeito impactante sobre o fenômeno dekassegui. Como resultado, os consulados japoneses no Brasil passaram a aplicar com mais severidade as regras para concessão do visto com finalidade de trabalho. Por exemplo, o número de emissão caiu cerca de 75 por cento em 2011, se comparado a 2008.
216 559

edições