Abrir menu principal

Alterações

melhorando com fontes e imagem
{{Citar livro|url=https://books.google.com/books?id=Q4haCU0cX14C&pg=PA10&dq=subcutaneous+emphysema|título=Radiology of Blunt Trauma of the Chest|doi=|isbn=3-540-66217-0|oclc=}}
</ref>
 
== Diagnóstico ==
[[Ficheiro:Subcutaneous emphysema chest arrow2.jpg|miniaturadaimagem|Enfisema torácico em uma tomografia axial como bolhas negras.]]
O enfisema pode produzir protuberâncias, como nódulos móveis com ruídos crepitantes a palpação. Em uma radiografia de tórax, o enfisema subcutâneo pode ser visto como estriações radioluzentes (escuras) nas áreas com músculos. O ar nos tecidos subcutâneos pode interferir na radiografia do tórax, potencialmente obscurecendo condições graves, como o [[pneumotórax]]. Também pode reduzir a eficácia do ultrassom.<ref>Gravenstein N, Lobato E, Kirby RM (2007). Complications in Anesthesiology. Hagerstown, MD: Lippincott Williams & Wilkins. p. 171. ISBN 978-0-7817-8263-0. Retrieved 2008-05-12.</ref> Também é visível na tomografia e na ressonância magnética como bolhas escuras.
 
== Tratamento ==
O enfisema subcutâneo é geralmente [[Benignidade|benigno]].<ref name="pleural"/> Na maioria das vezes, o próprio enfisema não precisa de tratamento (embora as condições a partir das quais ele resulta precisem); no entanto, se a quantidade de ar for grande, isso pode interferir na respiração e ser desconfortável.<ref name="Abu-Omar95">