Abrir menu principal

Alterações

m
Resgatando 10 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta15)
[[povo dos Estados Unidos|norte-americana]]. É considerada uma das maiores e melhores cantoras mundiais. Tamanho [[talento]] e sucesso a fizeram ser conhecida como A Voz, alcançando [[tessitura]]s e [[Extensão (música)|extensões]] impressionáveis. Sua [[voz]] foi eleita a melhor pela crítica mundial.
 
Houston é a artista mais premiada de todos os tempos, de acordo com o [[Guinness World Records]], em 2009.<ref name="Finkelman2009">{{vcite book|first=Paul|last=Finkelman|title=Encyclopedia of African American history, 1896 to the present: from the age of segregation to the twenty-first century|url=https://books.google.com/books?id=6gbQHxb_P0QC&pg=RA1-PA459|year=2009|publisher=Oxford University Press|isbn=978-0-19-516779-5|pages=459–460}}</ref><ref name="Whitney Houston biography">{{citar web |url=http://www.whitneyhouston.com/us/content/biography |título=Whitney Houston biography |publicado=whitneyhouston.com | data=2009-08-19 |acessodata=2010-11-22 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20120211161738/http://www.whitneyhouston.com/us/content/biography |arquivodata=2012-02-11 |urlmorta=yes }}</ref> e sua lista de prêmios incluem dois [[Emmy Awards]], sete [[Grammy Awards]], trinta e um [[Billboard Music Awards]], 22 [[American Music Awards]], num total de 451 prêmios conquistados em sua carreira até 2013. Houston também foi uma das artistas mais bem sucedidas do mundo da [[música]], tendo vendido mais de 200 milhões de cópias em todo o mundo.<ref name="Alex2009">{{citar web|primeiro=Alex |último=Dobuzinskis| url=http://www.reuters.com/article/entertainmentNews/idUSTRE58D4Y020090915|título=Whitney Houston says she is "drug-free"|publicado=Reuters|data=15 de setembro de 2009|acessodata=13 de janeiro de 2010}}</ref><ref name="WhitneyHouston">{{citar web|url=http://www.whitneyhouston.com/us/biography|título=Whitney Houston Biography | publicado=whitneyhouston.com|data=|acessodata=12 de janeiro de 2010|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100119033508/http://www.whitneyhouston.com/us/biography|arquivodata=2010-01-19|urlmorta=yes}}</ref> Inspirada por vários cantores de [[soul]] de destaque em sua família, incluindo a mãe, [[Cissy Houston]], as primas [[Dionne Warwick]] e [[Dee Dee Warwick]], Houston começou a cantar com o coral gospel júnior da Igreja de Nova Jersey aos 11 anos de idade.<ref name="jetAug85">{{citar periódico |url= http://books.google.com/books?id=prQDAAAAMBAJ&lpg=PA58&dq=whitney%20houston&pg=PA58#v=onepage&q&f=false | jornal= [[Jet (magazine)&#124;Jet]] | titulo=Whitney Houston Sings Her Way to Stardom with Hit Album, Road Tour | paginas= 59 | editora = Johnson Publishing Company | volume = 68 | numero= 24 |data=26 de agosto de 1985 |acessodata=7 de fevereiro de 2011 | issn = 0021-5996}}</ref> Depois que ela começou a atuar ao lado de sua mãe em casas noturnas na cidade de [[Nova York]], ela foi descoberta por Clive Davis em [[1983]], ano de início de sua carreira profissional. Ele era empresário da [[Arista Records]]. Houston lançou seis [[álbuns de estúdio]] e três álbuns de [[trilha sonora]], todos eles certificados com diamante, multiplatina, platina e ouro pela [[Recording Industry Association of America]].
Seu álbum de estreia [[Whitney Houston (álbum)|autointitulado]], lançado em [[1985]], se tornou o álbum de estreia mais vendido por uma artista feminina, com 25 milhões de cópias vendidas.<ref name="Allmusic Bio">{{citar web| primeiro= Steve|último= Huey | título= Whitney Houston biography | publicado = [[Allmusic|Allmusic.com]] | ano= 2006 | url = http://www.allmusic.com/artist/whitney-houston-p4519/biography |acessodata=13 de abril de 2009 | pontofinal = <!--None-->}}</ref> Seu segundo álbum, ''[[Whitney (álbum)|Whitney]]'' (1987), tornou-se o primeiro álbum de uma artista feminina a estrear em primeiro lugar na [[Billboard 200]].<ref name="Allmusic Bio" /> Whitney alcançou grandes sucessos nas paradas de música popular, bem como sua proeminência na MTV, começando com seu vídeo de ''How Will I Know'',<ref name="1986vma">{{citar periódico | jornal= [[Billboard]] | url = http://books.google.com/?id=ESUEAAAAMBAJ&lpg=PA59&dq=1986%20mtv%20video%20music%20awards%20whitney%20houston&pg=PA59#v=onepage&q=&f=false | titulo = The 1986 MTV Video Music Awards The Winners! | editora = Nielsen Business Media, Inc. | volume = 98 | numero= 41 |data=11 de outubro de 1986 |acessodata=7 de fevereiro de 2011 | issn = 0006-2510}}</ref> permitiu várias artistas femininas [[afro-americana]]s seguirem seu sucesso.<ref name="Time">{{citar web| primeiro= Richard | último= Corliss | título= The Prom Queen of Soul |data=13 de julho de 1987| publicado= [[Time Inc.]] | url= http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,964980,00.html|acessodata=17 de março de 2007 }}</ref><ref name="Soul">{{citar episódio|series= A History of Soul Music |rede=[[VH1]]|transmissão=18 de outubro de 2007}}</ref> O primeiro papel de Houston no cinema foi no filme ''[[O Guarda-Costas]]'' (1992), no qual fez um enorme sucesso como protagonista. A trilha sonora original do filme ganhou o [[Grammy]] 1994 de Álbum do Ano. Seu primeiro single, ''[[I Will Always Love You]]'', se tornou o mais vendido por uma artista feminina na história da música.<ref name="Allmusic Bio" /> O álbum é o único de uma artista feminina entre os cinco mais vendidos de todos os tempos, ocupando o quarto lugar. Houston continuou como estrela de filmes e contribuiu com a trilha sonora dos mesmos, inclusive com os filmes ''[[Waiting to Exhale]]'' (1995) e ''[[The Preacher's Wife]]'' (1996)<ref name="Rolling Stone Bio">{{citar web| título= Whitney Houston Biography | url = http://www.rollingstone.com/music/artists/whitney-houston/biography |acessodata=17 de março de 2011 | obra = [[Rolling Stone]]| pontofinal = <!--None-->}}</ref>. Três anos após o lançamento de seu quarto álbum, ''[[My Love Is Your Love]]'' (1998), Whitney renovou seu contrato com a gravadora [[Arista Records]].<ref name="Rolling Stone Bio" /> Ela lançou seu quinto álbum de estúdio, ''[[Just Whitney]]'', em 2002, e o álbum de Natal com o título ''[[One Wish: The Holiday Album]]'' em 2003. Em meio à ampla cobertura da mídia de sua turbulência pessoal e profissional, Houston terminou seu conturbado casamento de 14 anos com o cantor [[Bobby Brown]], em [[2006]]. Em [[2009]], Houston lançou seu sétimo e último [[álbum de estúdio]], ''[[I Look to You]]''.
 
Em [[7 de fevereiro]] de [[2009]], Whitney Houston fez uma aparição gloriosa na festa do Pré-Grammy, oferecida anualmente por Clive Davis. Whitney cantou grandes hits como: [[I Will Always Love You]], I Believe in You and Me, It’s Not Right But It’s Ok e I’m Every Woman.<ref>{{citar web|título=Whitney Houston faz aparição gloriosa em festa pré-grammy|url=http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL992397-7085,00-WHITNEY+HOUSTON+FAZ+APARICAO+GLORIOSA+EM+FESTA+DO+GRAMMY.html|acessodata=30-12-11}}</ref>
 
No dia [[17 de abril]] de [[2009]], Diane Warren revelou à Vibe Magazine que escreveu ''I Didn't Know My Own Strength'' especialmente para Whitney e esta seria sua música de retorno.<ref>{{citar web|título=Whitney Houston e Diane Warren|url=http://www.vibe.com/news/online_exclusives/2009/04/whitney_houston_new_single_confirmed/|acessodata=2009-06-18|arquivourl=https://web.archive.org/web/20090423060911/http://www.vibe.com/news/online_exclusives/2009/04/whitney_houston_new_single_confirmed/|arquivodata=2009-04-23|urlmorta=yes}}</ref> A Rap-Up Magazine também confirmou que o produtor Swizz Beatz havia trabalhado em uma canção chamada ''Million Dollar Bill''<ref name="rap-up.com">{{citar web|título=Whitney Houston trabalha com Swizz Beatz|url=http://www.rap-up.com/2009/05/04/whitney-houston-is-swizz-beatz-mill-dollar-baby/|acessodata=30-12-11}}</ref> juntamente com [[Alicia Keys]].
 
O novo álbum de Whitney foi lançado em 31 de [[agosto]] de [[2009]] com o título de '''''I Look To You'''''.<ref>{{Citar web |url=http://whitneyhouston.com/main.html |titulo=Cópia arquivada |acessodata=2009-06-25 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20090627002149/http://www.whitneyhouston.com/main.html |arquivodata=2009-06-27 |urlmorta=yes }}</ref><ref>{{citar web|título=Whitney Houston regressa com o disco 'I Look to You'|url=http://www.destak.pt/artigos.php?art=33562|acessodata=30-12-11}}</ref>
 
=== 2009: O lançamento do ''I Look To You'' ===
Whitney, no decorrer de sua carreira, passou por vários estágios de voz. Iniciou a carreira sendo [[Soprano lírico-spinto|Soprano spinto]] e posteriormente passou a ser [[Mezzo-soprano Dramático]] com um timbre mais pesado e potente.
Em [[2003]] a [[MTV]] americana juntamente com a Revista ''[[Blender]]'' a nomeou a terceira maior cantora entre as 22 Maiores Vozes da música por votação online e por leitores da revista.<ref>{{citar web|título=Blender Magazine's 22 Greatest Voices [MTV2]|url=http://www.amiannoying.com/(S(eev5fz45x5ypa555zcgxvany))/collection.aspx?collection=534|acessodata=30-12-11}}</ref>
Em 2008, Whitney foi listada na Rolling Stone na 34ª posição de os 100 maiores cantores de todos os tempos, afirmando que poucos vocalistas poderiam cantar 45 segundos da abertura de uma canção desacompanhada por instrumentos (acapella), fazendo menção a versão de ''I Will Always Love You'' feita por Whitney.<ref name="archive1998">{{citar web |url=http://www.mariahdaily.com/infozone/magazines/1998/vibe/index.shtml |título=Higher and Higher. Mariah Daily Journal |publicado=Web.archive.org |acessodata=2010-11-11 |arquivourl = httphttps://web.archive.org/web/20080601235137/http://www.mariahdaily.com/infozone/magazines/1998/vibe/index.shtml |arquivodata=12008-06-01 de|urlmorta=yes junho de 2008}}</ref>
Em sua revisão do álbum ''I Look To You'', o crítico musical Ann Powers do Los Angeles Times escreveu que a voz de Whitney inspira as carreiras de vários cantores e afirma que quando ela estava no seu melhor, nada poderia competir com seu talento de mezzo-soprano.<ref>{{citar web|título= Powers, Ann. "Album Review: Whitney Houston's 'I Look To You'"|url=http://latimesblogs.latimes.com/music_blog/2009/08/album-review-whitney-houstons-i-look-to-you.html|acessodata=30-12-11}}</ref>
 
 
=== Influência ===
Até os dias atuais - mesmo depois de sua morte - o estilo e a habilidade vocal de Whitney Houston têm um impacto significante na música popular e influencia novos cantores em todo o mundo e por isso uma série de artistas reconheceram Whitney como uma influência. [[Mariah Carey]], que foi muitas vezes comparada a Whitney, disse: ''Houston tem sido uma grande influência para mim''.<ref name=FOX>{{citar web | primeiro= Roger | último= Friedman | título= Mariah Calls, Whitney Falls | data= 18 de dezembro de 2002 | publicado= Fox News | url= http://www.foxnews.com/story/0,2933,73318,00.html | acessodata= 25 de abril de 2009 | arquivourl= https://web.archive.org/web/20090604210447/http://www.foxnews.com/story/0,2933,73318,00.html | arquivodata= 2009-06-04 | urlmorta= yes }}</ref> Mais tarde, em entrevista ao USA Today Mariah disse: ''"nenhum de nós teria o mesmo som se Aretha Franklin ou Whitney Houston nunca tivesse lançado um disco"''.<ref>{{citar web|url=http://www.usatoday.com/life/people/2005-04-10-mariah-carey-cover_x.htm|título="Carey frees her spirit, and it is named 'Mimi'"|publicado=[[USA Today]]|data=11 de abril de 2005|acessodata=30-12-11}}</ref> [[Brandy]] afirmou: ''"O primeiro [[CD]] de Whitney Houston foi genial. Esse [[CD]] apresentou ao mundo sua voz angelical e poderosa. Sem Whitney metade dessa geração de cantores não seriam cantores"'', escolhendo o primeiro álbum de Whitney como inspiração.<ref>{{citar web | primeiro= Billy, Jr. |último=Johnson | url = http://new.music.yahoo.com/blogs/hiphopmediatraining/282721/brandy-on-whitney-houstons-self-titled-debut-black-music-month-album-spotlight-15/ | título= Brandy On Whitney Houston's Self-Titled Debut: Black Music Month Album Spotlight #15 | publicado = [[Yahoo! Music]] |data=25 de junho de 2010 |acessodata=17 de outubro de 2010}}</ref> [[Jennifer Hudson]] a cita como sua maior influência musical. Ela disse ao Newsday que ela aprendeu com Whitney a ''"diferença entre ser capaz de cantar e saber cantar"''.<ref>Seymour, Gene. "Destiny's real child, Jennifer Hudson looks headed for stardom, and maybe an Oscar, with 'Dreamgirls'". ''Newsday''. dezembro 10, 2006. Page C06.</ref> [[Leona Lewis]], que muitas vezes foi comparada a Whitney, também a cita como influência e afirmou que ela a idolatrava quando era menina.<ref>{{citar web | primeiro= Sarah |último= Bull | url = http://www.boston.com/ae/celebrity/articles/2007/10/19/leona_lewis_spirited_chart_bid/ | título= Leona Lewis' Spirited chart bid | publicado = The Boston Globe |data=19 de outubro de 2007 |acessodata=18 de outubro de 2010}}</ref><ref>Newman, Melinda. "Jennifer Hudson to 'surprise duet' at Davis party". ''The Associated Press''. fevereiro 6, 2008.</ref> Durante o Celebrating Black Music em [[Junho]] de [[2006]], [[Kelly Rowland]] declarou à Ebony que queria ser uma cantora depois de ver na TV Whitney Houston cantando ''Greatest Love of All''. ''"Eu queria cantar como Whitney Houston naquele vestido vermelho"'' disse Rowland.<ref>{{citar periódico | jornal= [[Ebony (magazine)|EBONY]] | url = http://books.google.co.kr/books?id=eIFwcIQHLeQC&lpg=PA161&vq=whitney&as_pt=MAGAZINES&hl=en&pg=PA166#v=onepage&q&f=false | titulo = Celebrating Black Music | editora = Johnson Publishing Company | volume = 61 | numero= 8 | paginas= 166 |data=junho de 2006 |acessodata=17 de março de 2011 | issn = 0012-9011}}</ref> [[Beyoncé Knowles]] disse ao Globe and Mail que Whitney a inspirou para chegar até lá e fazer o que ela faz.<ref>Caldwell, Rebecca. "Destiny's Child". The Globe and Mail. julho 21, 2001 page R1.</ref> [[Alicia Keys]], em entrevista sobre seu novo álbum de estúdio com a revista [[Billboard]], também disse que Whitney era uma artista que a inspirou desde que ela era uma menina.<ref>{{citar livro | nome= Gail |sobrenome=Mitchell | url = http://books.google.com/?id=Pnp_Xu47q9cC&lpg=PP1&pg=PT21#v=onepágina&q&f=false | título= The Elements of Style | editora = ''[[Billboard (magazine)|Billboard]]'' |data=14 de novembro de 2009 |acessodata=19 de outubro de 2010}}</ref> Durante a entrevista [[Lady Gaga]] disse que Whitney Houston tem sido um de seus "ídolos vocais" por anos. Em entrevista à IBN Live Gaga revelou que, uma vez e outra, costumava ouvir a versão feita por Whitney para "The Star Spangled Banner".
No [[Grammy Awards]] de [[2011]], Lady Gaga disse que ela escreveu a canção "[[Born This Way]]" pensando na voz da Whitney.<ref>{{citar web|url =http://ibnlive.in.com/news/i-cant-wait-to-come-to-india-lady-gaga/143405-45-75.html|título=I can't wait to come to India: Lady Gaga|publicado =[[CNN-IBN|IBN Live]]|acessodata=16 de fevereiro de 2011}}</ref>
 
No lançamento do álbum Femme Fatale, [[Britney Spears]] declarou que Whitney foi uma das mulheres poderosas que a influenciou a lançar este álbum.
 
[[Celine Dion]], [[Toni Braxton]],<ref>{{citar livro | url = http://books.google.com/?id=2LkDAAAAMBAJ&lpg=PA1&pg=PA39#v=onepage&q&f=false | título= Toni Braxton Talks About Her Hit Love Songs, Sexy Image and Religious Background | editora = ''[[Jet (magazine)|JET]]'' |data=17 de janeiro de 1994 |acessodata=17 de outubro de 2010}}</ref> [[Christina Aguilera]],<ref>Rodman Sarah. "Teen queen Aguilera belts 'em out like Whitney Houston". Boston Herald. setembro 5, 1999. Page 064</ref> [[Kelly Clarkson]], [[Britney Spears]],[[Hilary Duff]]<ref name=mtv>"Everybody Talk About Pop Music!". MTV. agosto 2001.</ref> [[Ciara]], [[P!nk]],<ref name=mtv/> [[Robin Thicke]],<ref>Cordova, Randy. "R&B singer-songwriter Robin Thicke follows his own tune". ''Arizona Republic''. março 4, 2009.</ref> [[Jennifer Hudson]], [[Amerie]],<ref>{{citar livro | nome= Rashaun |sobrenome=Hall | url = http://books.google.com/?id=AAwEAAAAMBAJ&lpg=PA1&pg=PA20#v=onepage&q&f=false | título= Amerie Offers 'All' She Has | editora = ''[[Billboard]]'' |data=27 de julho de 2002 |acessodata=19 de outubro de 2010}}</ref> [[Destiny's Child]],<ref name=mtv/><ref>{{citar web | primeiro= Damone | último= Roberts | url = http://www.essence.com/entertainment/celebrity_spotlight/damone_roberts_kelly_rowland_new_music_hairstyle.php | título= Beauty 101: Kelly Rowland's Next Chapter | publicado = ''[[Essence (magazine)|Essence]]'' | data= 7 de outubro de 2010 | acessodata= 17 de outubro de 2010 | arquivourl= https://web.archive.org/web/20101112083531/http://www.essence.com/entertainment/celebrity_spotlight/damone_roberts_kelly_rowland_new_music_hairstyle.php | arquivodata= 2010-11-12 | urlmorta= yes }}</ref> [[Regine Velasquez]], [[Lady Gaga]], e [[Charice]] todas estas cantoras têm citado Whitney Houston como influência musical.
 
=== Prêmios ===
{{Artigo principal|Lista de prêmios e indicações recebidos por Whitney Houston}}
 
Whitney Houston é a artista mais premiada de todos os tempos, de acordo com o [[Guinness World Records]],<ref name="Whitney Houston biography"/> com 2 Emmy Awards, 7 Grammy Awards, 31 Billboard Music Awards, 22 American Music Awards. Em toda sua carreira Whitney, já acumulou um total de 451 prêmios até 2013. Ela detém o recorde, juntamente com [[Michael Jackson]], de oito [[American Music Awards]] vencidos numa única noite.<ref>{{citar web | primeiro=Brittany Brittany|último=Talarico | url = http://www.okmagazine.com/2009/11/whitney-houston-to-take-the-stage-at-the-amas/ | título= Whitney Houston to Take the Stage at the AMAs | publicado = ''[[OK!]]'': Northern and Shell NA Ltd. |data=11 de novembro de 2009 |acessodata=17 de março de 2011 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20110816051736/http://www.okmagazine.com/2009/11/whitney-houston-to-take-the-stage-at-the-amas/ |arquivodata=2011-08-16 |urlmorta=yes }}</ref> Whitney também recebeu onze [[Billboard Music Awards]], em 1993. Um recorde até hoje.<ref>{{citar web|título=POP MUSIC REVIEW: Houston Tops Off Record Night With Show's Highlight
|url=http://articles.latimes.com/1993-12-10/entertainment/ca-373_1_pop-music-review}}</ref> Ela também detem o recorde de mais WMAs vencidos em uma única edição, com cinco prêmios no 6th [[World Music Awards]] em 1994.<ref name="1994wmabillboard">{{citar periódico | jornal= [[Billboard (magazine)|Billboard]] | primeiro= Mark|ultimo= Dezzani | url = http://books.google.co.kr/books?id=TAgEAAAAMBAJ&lpg=PA41&dq=world%20music%20awards%201994%20whitney%20houston&lr=&as_brr=0&as_pt=MAGAZINES&pg=PA41#v=onepage&q=&f=false | titulo = World Music Awards Gaining Stature | editora = Nielsen Business Media, Inc. | volume = 106 | numero= 21 |data=21 de maio de 1994 |acessodata=9 de fevereiro de 2010 | issn = 0006-2510}}</ref> Em [[maio]] de [[2003]], o ''[[VH1]]'' listou as "50 Maiores Mulheres da Era do Vídeo" e Whitney ficou na 3ª posição atrás, apenas, de [[Madonna]] e [[Janet Jackson]].<ref>{{citar web | url = http://www.vh1.com/shows/the_greatest/episode.jhtml?episodeID=66355#moreinfo| título= The Greatest " Ep. 071 "50 Greatest Women of the Video Era" | publicado = [[VH1]] |data=17 de maio de 2003 |acessodata=17 de março de 2011}}</ref> Ela também foi classificada no número 116 na lista dos "200 Maiores Ícones da Cultura Pop de Todos os Tempos".<ref>{{citar web | url = http://www.prnewswire.com/news-releases/the-200-greatest-pop-culture-icons-complete-ranked-list-70807437.html | título= The 200 Greatest Pop Culture Icons Complete Ranked List | publicado = [[PR Newswire|PR Newswire Association LLC]] |data=21–25 de julho de 2003 |acessodata=17 de março de 2011}}</ref>
Em 2008, a revista [[Billboard]] lançou uma lista com os Maiores Artistas de Todos os Tempos, para comemorar o cinquentenário da parada de singles Hot 100 dos EUA. Whitney ficou ocupando a nona posição na lista.<ref>{{citar web | url = http://www.billboard.com/bbcom/specials/hot100/charts/top100-artists-20.shtml | título= The ''Billboard'' Hot 100 All-Time Top Artists | publicado = Nielsen Business Media, Inc. | ano= 2008 |acessodata=17 de março de 2011}}</ref><ref>{{citar web| url=http://www.blackvoices.com/black_entertainment/music_videos_songs_radio/black_music_month_2007/transformers-whitney-houston-gallery |título=Transformers: Whitney Houston |acessodata=15 de janeiro de 2008 |obra=AOL Black Voices |ano=2007 }}</ref><ref>{{citar web| primeiro= Stephen | último= Holden | título= Cabaret: Whitney Houston |data=16 de fevereiro de 1985| publicado= The New York Times | url= http://query.nytimes.com/gst/fullpage.html?res=9F00E6DE1539F935A25751C0A963948260 |acessodata=13 de janeiro de 2009 }}</ref> Da mesma forma, ela é classificada como um dos 100 Maiores Artistas de Todos os Tempos pelo VH1 em [[setembro]] de [[2010]].<ref>{{citar web|url=http://blog.vh1.com/2010-08-25/who-will-come-out-on-top-of-vh1s-100-greatest-artists-of-all-time |título=Who Will Come Out On Top Of VH1&#8217;s 100 Greatest Artists Of All Time? &#124; Vh1 Blog |publicado=Blog.vh1.com |data=2010-08-25 |acessodata=2010-11-11}}</ref>
Em [[novembro]] de [[2010]], a [[Billboard]] publicou uma lista com os 50 Maiores Artistas de R&B / Hip-Hop dos últimos 25 anos. Whitney entrou para a lista ocupando a 3ª posição com oito singles #1 na parada de R&B / Hip-Hop Songs e com cinco álbuns #1 na parada R&B / Hip-Hop Albums.<ref>{{citar web | url = http://www.billboard.com/#/column/the-juice/the-top-50-r-b-hip-hop-artists-of-the-past-1004127916.story?page=5 | título= Top 50 R&B/Hip-Hop Artists of the Past 25 Years | publicado = Nielsen Business Media, Inc. |data=18 de novembro de 2010 |acessodata=17 de março de 2011}}</ref>
 
O álbum de estreia de Whitney foi listado como um dos ''500 Maiores Álbuns de Todos os Tempos'' pela revista [[Rolling Stone]]<ref name="Rolling Stone Magazine">{{citar web| url = http://www.rollingstone.com/music/lists/500-greatest-albums-of-all-time-19691231/whitney-houston-whitney-houston-19691231 | título= The Rolling Stone 500 Greatest Albums of All Time |data=18 de novembro de 2003| publicado= ''[[Rolling Stone]]'' |acessodata=17 de março de 2011}}</ref> e está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.<ref name="The Definitive 200">{{citar web |url=http://www.definitive200.com/200_list.php |título=The Definitive 200 |acessodata=15 de janeiro de 2008 |obra=The Rock & Roll Hall of Fame |ano=2007 |arquivourl = httphttps://web.archive.org/web/20080113130726/http://definitive200.com/200_list.php |arquivodata=2008-01-13 de|urlmorta=yes janeiro de 2008}}</ref> Em 2004, a Billboard escolheu o sucesso de seu primeiro álbum nas paradas de sucesso para nomeá-lo como um dos 110 marcos musicais de sua história.<ref>{{citar livro | url = http://books.google.com/?id=bBMEAAAAMBAJ&lpg=PA1&pg=PA17#v=onepage&q&f=false | título= ''Billboard'' 110 Years: A ''Billboard'' Anniversary Salute | editora = ''[[Billboard]]'' |data=27 de novembro de 2004 |acessodata=19 de outubro de 2010}}</ref>
Em 1997, a ''Escola Franklin'' em East Orange, Nova Jersey foi renomeada para The Whitney E. Houston Academy School of Creative and Performing Arts (Academia Escola de Artes e Ciências). Em 2001, Whitney foi a primeira a receber o prêmio especial ''BET Lifetime Achievement Award''.<ref>{{citar web|primeiro=Gary |último=Susman| url=http://www.ew.com/ew/article/0,,131512,00.html|título=Black Power, Plus ''Phantom Menace'' DVD will compete with pirated edit, another movie ad scandal, and more|publicado= ''[[Entertainment Weekly]]'' |data=22 de junho de 2001|acessodata=12 de janeiro de 2010}}</ref> Em 2007, o USA Today afirmou que a estreia de Whitney na indústria da música é considerada um dos vinte e cinco marcos musicais dos últimos 25 anos.
 
Em 1991 gravou uma versão do hino nacional norte-americano “[[The Star Spangled Banner]]”, que se tornou um ''hit'' e vendeu 1.000.000 de cópias. Whitney doou o dinheiro das vendas para a cruz vermelha. Em 2001, devido aos ataques terroristas do [[11 de setembro]] o single “The Star Spangled Banner” foi relançado e se tornou top de vendas nas paradas dos EUA em Outubro do mesmo ano, arrecadando mais de 1 milhão de dólares. O dinheiro arrecadado foi doado para fundos de apoio aos bombeiros e a polícia de Nova York.
 
Em fevereiro de [[2004]], Whitney doou um milhão de [[rublos]] para o Russian Aid Fund (Fundo de Apoio Russo) para ajudar as vítimas de um ataque terrorista no metrô de Moscou. Os fundos foram criados por suas performances em Moscou naquele ano.<ref>{{citar web|título=Whitney Houston Charity Work|url=http://www.whitney-fan.com/persona/charity.php|acessodata=2011-10-24|arquivourl=https://web.archive.org/web/20091103063857/http://www.whitney-fan.com/persona/charity.php|arquivodata=2009-11-03|urlmorta=yes}}</ref>
 
Em [[8 de maio]] de [[2008]] Whitney participou no evento beneficente Caudwell Children’s Legend Ball, em Londres para levantar fundos para a instituição. O fundador da instituição, John Caudwell, em entrevista a revista Marie Claire disse: "Estamos entusiasmados em ter uma artista do calibre da Whitney em nosso evento".<ref>{{citar web|título=Whitney Houston’s Live London Comeback
216 558

edições