Diferenças entre edições de "António Segadães Tavares"

289 bytes adicionados ,  08h03min de 1 de junho de 2019
Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta15)
(Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta15))
'''António Madeira Segadães Tavares''' ([[Vila Teixeira de Sousa]], [[1944]]) é um [[engenheiro civil]] de nacionalidade angolana e portuguesa.
 
Figura incontornável da [[engenharia]] em [[Portugal]], terminou o ensino liceal em [[Nova Lisboa]] e matriculou-se em [[engenharia electrotécnica]], no [[Instituto Superior Técnico]], em [[1961]]. A sua chegada à metrópole faz com que não fique indiferente ao movimento associativo contra a [[Salazarismo|ditadura]], envolvendo-se nas greves de [[1962]], quando foi decretado o luto académico. Um ano depois muda de curso e de cidade, primeiro para [[Coimbra]], depois para o [[Porto]], onde conclui finalmente a licenciatura em [[engenharia civil]], em [[1968]]. Recebe na ocasião o Prémio da Fundação Eng.º António de Almeida<ref>[{{Citar web |url=http://www.rtp.pt/gdesport/?article=596&visual=3&topic=1 |titulo=Os Grandes Portugueses] |acessodata=2011-03-26 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20110702191839/http://www.rtp.pt/gdesport/?article=596&visual=3&topic=1 |arquivodata=2011-07-02 |urlmorta=yes }}</ref> e é convidado para assistente no [[Instituto Superior Técnico]], onde lecionou até [[1973]]. Ao mesmo tempo colaborou com o [[Laboratório Nacional de Engenharia Civil]], ente [[1969]] e [[1975]], que lhe editou o livro ''Análise Matricial de Estruturas'', em [[1972]].
 
Apoiante do [[MPLA]], regressa a [[Angola]], onde se torna docente na Faculdade de Engenharia de [[Luanda]]. Porém, um assalto à sua casa, ocorrido em [[outubro]] de [[1975]], fá-lo regressar de imediato. Mais tarde vem a lecionar na [[Universidade Nova de Lisboa]], exercendo ainda as funções de director do Departamento de Estudos e Projectos da [[Teixeira Duarte]] ([[1976]]-[[1980]]), de director técnico da Triede ([[1980]]-[[1986]]) e de director da Segadães Tavares & Associados, a partir de [[1986]].
Em [[2000]] [[Jorge Sampaio]] condecorou-o com a Medalha de Grande Oficial da [[Ordem do Mérito]] e em [[2006]] condecorou-o com a Medalha de Grande Oficial da [[Ordem do Infante D. Henrique]].<br>
 
Em [[2004]] foi o primeiro português a vencer o [[prémio OStrA]]<ref>[http://matematica2.no.sapo.pt/segadaes/nobeleng.htm Artigo sobre o prémio OStrA] {{Wayback|url=http://matematica2.no.sapo.pt/segadaes/nobeleng.htm |date=20120902230127 }} na revista [[Pública]] nº 431 de 29-08-2004.</ref>, o ''[[nobel]]'' da [[engenharia]], pela ampliação do [[Aeroporto da Madeira]].<br>
 
Em Abril de 2012 a Universidade Nova de Lisboa concede-lhe o "Doutoramento Honoris Causa".
230 299

edições