Diferenças entre edições de "Arte degenerada"

124 bytes adicionados ,  18h31min de 1 de junho de 2019
Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta15)
Etiquetas: Editor Visual Possível conteúdo ofensivo Provável parcialidade
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta15))
 
=== Apreensões de obras de arte ===
Em 24 de julho de 1937, Hitler ordenou que todos os museus e exposições públicas informassem sobre as obras que representassem “decadência cultural”. Em julho de 1937, a ''Reichskunstkammer'' confiscou, por exemplo, 72 quadros, 296 aquarelas, pastéis e desenhos à mão, 926 gravuras, xilogravuras e litografias e 8 esculturas da ''[[:de:Hamburger_Kunsthalle|Kunsthalle]]'' em [[Hamburgo]]. Foram retirados de mais de 1000 objetos das coleções de arte da cidade de Düsseldorf (do atual ''[[:de:Museum_Kunstpalast|Museum Kunstpalast]]'').<ref>[http://www.smkp.de/ausstellungen/ausblick/spot-on-1937-die-aktion-entartete-kunst-in-duesseldorf/ SPOT ON: 1937. “Arte degenerada” em Düsseldorf], www.smkp.de, acesso em 5 de julho de 2017.</ref> Algumas obras dessa onda de apreensão foram incluídas na exposição itinerante “Arte degenerada” anteriormente mencionada. Em outras apreensões a partir de agosto de 1937, foram retiradas de mais de 100 museus<ref>Inventário de apreensões:[http://www.geschkult.fu-berlin.de/e/khi/forschung/entartete_kunst/inventar/index.html geschkult.fu-berlin.de] {{Wayback|url=http://www.geschkult.fu-berlin.de/e/khi/forschung/entartete_kunst/inventar/index.html |date=20090629031708 }}, acesso em 18 de abril de 2009.</ref> aproximadamente 20 mil obras de 1400 artistas, incluindo empréstimos de propriedade privada como, por exemplo, 13 pinturas do acervo de [[:de:Sophie_Lissitzky-Küppers|Sophie Lissitzky-Küppers]], confiscadas do ''Provinzialmuseum Hannover''.
 
=== Exploração da “arte degenerada” ===
226 962

edições