Mosteiro de São Dinis: diferenças entre revisões

20 bytes adicionados ,  10 de outubro de 2019
m (Substituição de predefinições obsoletas)
==Historial==
[[File:Mosteiro S Dinis Odivelas IMG 1518.JPG|thumb|left|Capela-mor ([[estilo gótico]])]]
O mosteiro, da [[Ordem de Cister]], foi fundado, em 1295, pelo rei [[Dinis de Portugal|D. Dinis]]. Reza a lenda que D. Dinis tomou esta iniciativa como forma de pagamento de uma promessa feita a [[Luís IX de França|São Luís]], quando, numa caçada no Alentejo, foi surpreendido por um urso. Perante a aparição do santo, o rei recobrou forças e conseguiu neutralizar o enorme animal.
 
A escolha do local para D. Dinis cumprir a sua promessa incidiu numa propriedade do Rei no termo de Lisboa, Odivelas, onde se situava a “Quinta das Flores”. Esta zona gozava de ótimos recursos naturais, nomeadamente: solos férteis, um curso de água, e ainda uma morfologia que formava um abrigo natural para as culturas. O mosteiro destinava-se a receber uma comunidade feminina cisterciense, e a escolha do local pretendia assegurar a subsistência das monjas e garantir o recato das mesmas, sendo criados campos de cultivo junto ao mosteiro. <ref>Figueiredo, B. ''O Mosteiro de Odivelas'': os casos de reis e memórias de freiras. Lisboa: Livraria Ferreira, 1889, pp. 7-9</ref>