Diferenças entre edições de "Bolsa de valores"

551 bytes removidos ,  20h13min de 18 de novembro de 2019
m
Foram revertidas as edições de 2804:14D:7E22:2A75:9C76:EB6A:AEF8:722A para a última revisão de Douglasboavista, de 16h43min de 18 de novembro de 2019 (UTC)
(adicionei algumas informações, para melhorar o entendimento do texto, quando o leitor for ler ele poderá entender melhor (informações extras). Com citação de fonte.)
m (Foram revertidas as edições de 2804:14D:7E22:2A75:9C76:EB6A:AEF8:722A para a última revisão de Douglasboavista, de 16h43min de 18 de novembro de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
 
== Pregão ==
Nas primeiras décadas do século XX, a gritaria do tradicional pregão viva-voz (sistema de negociação de [[ativo]]s e [[contrato]]s mediante a apregoação em viva-voz, pelos operadores de pregão, realizado em sala de negociações especialmente designada para tal) das bolsas de valores foi substituído pelo pregão eletrônico (sistema de negociação em que o registro de ofertas é feito em sistema eletrônico, por meio de terminais instalados nas corretoras de valores e sob a responsabilidade destas).<ref>[http://www.bmf.com.br/bmfbovespa/pages/boletim1/bd_manual/regulamento-operacoes-segmento-BMF.pdf ''Regulamento de operacoes do segmento BM&F – Sistemas de negociação de derivativos: pregões viva-voz e eletrônico'']</ref>
'''"O que é o Pregão"'''
 
O '''pregão''' é o nome dado ao dia de trabalho na Bovespa. Ele se dividia em Viva Voz e Eletrônico ou Mega '''Bolsa'''. No Viva Voz, os corretores (funcionários das empresas corretoras que intermediam os negócios entre os investidores) compravam e vendiam ações das 11h às 17h45.<ref>{{Citar web|titulo=O que são Ações e Como Funciona a Bolsa de Valores - Cola da Web|url=https://www.coladaweb.com/economia/o-que-sao-acoes-e-como-funciona-a-bolsa-de-valores|obra=www.coladaweb.com|acessodata=2019-11-18}}</ref>
 
Nas primeiras décadas do século XX, a gritaria do tradicional pregão viva-voz (sistema de negociação de [[ativo]]s e [[contrato]]s mediante a apregoação em viva-voz, pelos operadores de pregão, realizado em sala de negociações especialmente designada para tal) das bolsas de valores foi substituído pelo pregão eletrônico (sistema de negociação em que o registro de ofertas é feito em sistema eletrônico, por meio de terminais instalados nas corretoras de valores e sob a responsabilidade destas).<ref>[http://www.bmf.com.br/bmfbovespa/pages/boletim1/bd_manual/regulamento-operacoes-segmento-BMF.pdf ''Regulamento de operacoes do segmento BM&F – Sistemas de negociação de derivativos: pregões viva-voz e eletrônico'']</ref>
 
Mais recentemente, foi introduzido o mercado de ações automatizado - o [[Trading algorítmico|''trading'' algorítmico]], também chamado ''[[trading]]'' automático, ''algotrading'' ou ''algonegócio'' - que utiliza [[Plataforma (computação)|plataformas eletrônicas]] para a entrada de ordens de compra ou de venda. Assim, um [[algoritmo]] executa instruções de negociação pré-programadas e cujas variáveis podem incluir tempo (data e hora), preço e quantidade da ordem. A negociação algorítmica é amplamente utilizada por [[bancos de investimento]], [[fundos de pensão]] e outros operadores institucionais, e visa dividir grandes negociações em vários negociações menores, de modo a reduzir o impacto sobre o mercado e o risco.<ref name="economist.com">[http://www.economist.com/node/5475381 Moving markets. Shifts in trading patterns are making technology ever more important]. ''[[The Economist]]'', 2 de fevereiro de 2006.</ref><ref>[http://www.aitegroup.com/reports/20050328.php Algorithmic Trading: Hype or Reality?]</ref> Desde os anos 2000, parte significativa do comércio de títulos realizado na [[UE]] e nos [[EUA]] tem sido feita através do ''trading'' algorítmico.<ref>{{citar jornal|url=http://www.cmvm.pt/CMVM/Legislacao_Regulamentos/Directivas/Documents/Diretiva%202014_65_UE.pdf|titulo=Diretiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, relativa aos mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92/CE e a Diretiva 2011/61/UE (reformulação)|autor=[[União Europeia]]|data=2011}}</ref> Em 2009, 25% de todo o volume de capitais dos [[EUA]] já era negociado por algorítmos.<ref name="advtrade">Rob Iati, [http://advancedtrading.com/algorithms/showArticle.jhtml?articleID=218401501 The Real Story of Trading Software Espionage], ''AdvancedTrading.com'', 10 de julho de 2009.</ref>
200 507

edições