Diferenças entre edições de "Êxtase"

4 bytes removidos ,  01h39min de 5 de fevereiro de 2020
m
Substituição de predefinições obsoletas
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas.) #IABot (v2.0)
m (Substituição de predefinições obsoletas)
Observe-se também como [[Roger Bastide]] (1898-1974) <ref>BASTIDE, Roger. Transe místico, psicopatologia e psiquiatria. p. 105-106, in: BASTIDE, Roger. O sonho, o transe e a loucura. SP: Três Estrelas, 2016. ISBN 978-85-68-493-22-9 </ref>, ressalta, que os estados de transe místico não devem ser confundidos com os fenômenos de possessão, tal com já foram abordados em teses do início do século XX, sendo antes um processo terapêutico, equivalente a [[psicoterapia]], do que um fenômeno psicopatológico, além do que, manifestações culturalmente diferenciadas. Essencialmente no transe místico, quiçá distinto dos siberianos e africanos e afro-americanos (estudados por ele) o transe é orientado para "alucinação" que administra: ...''"o xamã não é possuído pelos espíritos; os quais lhes são sempre exteriores; dialoga e ou luta com eles"''... ao contrário das possessões mágicas nas quais se é "tomado" por um espírito destruidor enviado por feiticeiro ou inimigo, e que é preciso exorcizar. Em tal condição ''"o espírito não é exterior e sim interior" ele "habita" o indivíduo"'' ...<ref>BASTIDE, Roger. Prolegômenos ao estudo dos cultos de possessão. p.129, in: BASTIDE, Roger. O sonho, o transe e a loucura. SP: Três Estrelas, 2016. ISBN 978-85-68-493-22-9</ref>
 
== {{Ver também}} ==
* [[Religião]]
* [[Drogas alucinógenas|Enteógenos]]