Diferenças entre edições de "Exoesqueleto energizado"

433 bytes adicionados ,  03h40min de 25 de maio de 2020
(Resgatando 4 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
* Pernas exoesqueléticas da [[Honda]]. Pesa 6.5&nbsp;kg e serve como um assento para o operador.<ref>[http://www.sciam.com/blog/60-second-science/post.cfm?id=trouble-walking-try-hondas-new-exos-2008-11-10 "Trouble walking? Try Honda's new exoskeleton legs", November 10, 2008 by Larry Greenemeier, [[Scientific American]]].</ref>
* o [[MIT Media Lab]] também tem sua pernas cibernéticas. Pesam 11.7&nbsp;kg.<ref>[http://www.sciam.com/article.cfm?id=the-future-of-exoskeleton "The Future of Exoskeletons: Lighter Loads, Limbs and More" by Larry Greenemeier, [[Scientific American]], September 21, 2007]</ref>
*No Brasil, a startup [https://www.exy9br.com/ Exy - Empowering People,] lançou o ExyOne voltado para redução de lesões por fádiga ( (Braços, Ombros e Costas) na índústria. Equipamento totalmente mecânico, pesa 3,6kg. Reconhecido em 2020 com o Prêmio Brasil Design Award ( Ouro na categoria Máquinas e Equipamentos) e o no A'Design Award & Competition ( ouro na categoria A' Cybernetics, Prosthesis and Bio-Engineering).
 
== Exoesqueletos sob desenvolvimento ==