Diferenças entre edições de "Colarinho azul"

674 bytes removidos ,  21h03min de 10 de março de 2021
Artigo melhorado durante candidatura. Não está bom, mas pode ser considerado suficiente. Como foram apontados problemas de tradução na PD, inserindo tag de má tradução
m (Albertoleoncio moveu Wikipédia:Colarinho azul para Colarinho azul sem deixar um redirecionamento)
(Artigo melhorado durante candidatura. Não está bom, mas pode ser considerado suficiente. Como foram apontados problemas de tradução na PD, inserindo tag de má tradução)
{{Mais-fontes|data=março de 2021}}
{{insuficiente|1=O título é mera tradução literal de ''[[:en:Blue collar worker|Blue collar]]'', expressão anglófona que, sem a devida contextualização comprovada com fontes, não faz sentido em países lusófonos. É o mesmo que criar um artigo na Wiki inglesa traduzindo "[[boia-fria]]" para ''cold buoy''.|2=[[Usuário:Yanguas|<span style="color:#FF2400;font-family:Forte;font-size:12pt">Y</span><span style="color:#808080;font-family:Forte;font-size:10pt">anguas</span>]] <sup>[[Usuário Discussão:Yanguas|diz!]]-[[Especial:Contribuições/Yanguas|fiz]]</sup> 18h47min de 4 de fevereiro de 2021 (UTC)}}
{{Má tradução|data=março de 2021}}
{{Sem-fontes|data=maio de 2012| angola=| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
[[Imagem:AlfredPalmerwelder1.jpg|thumb|260px|Soldador a trabalhar num navio, em Chattanooga, Tennessee, junho de 1942.]]
{{contexto|data=fevereiro de 2021}}
[[Imagem:AlfredPalmerwelder1.jpg|thumb|260px|Soldador a trabalhar num navio, em Chattanooga, Tennessee, junho de 1942.]]
A expressão '''colarinho azul''' é utilizada para se referir a duas realidades: no âmbito da [[Sociologia do trabalho]], ela se refere aos '''trabalhadores de colarinho azul''' (''blue collar worker'') que são os membros da [[classe trabalhadora]] que normalmente realizam trabalhos manuais ou braçais, ex. indústria e construção civil{{sfn|Mills|1969|pp=240-241}}. Estes se diferenciam dos trabalhadores do setor de serviços e dos [[Colarinho branco|trabalhadores de colarinho branco]]s, cujos trabalhos não são considerados trabalho manual em razão de preponderarem nestes as [[intelligentsia|atividades intelectuais]]{{sfn|Mills|1969|pp=242-244}}; a segunda realidade se refere ao âmbito da [[Criminologia]], na qual é abordado o conceito de '''crimes de colarinho azul'''.