Diferenças entre edições de "Casa de Quimpanzo"

sem resumo de edição
|fundador = {{lknb|Álvaro|V|do Congo}}}}
 
A '''Casa de Quimpanzo'''<ref>{{Citar livro|sobrenome=Silva|nome=Alberto Da Costa E|título=A Manilha e o Libambo|local=Rio de Janeiro|ano=2002|editora=Editora Nova Fronteira|página=833}}</ref> (''Kimpanzu'') ou '''AmpanzoAmpanzu Canda''' (''Mpanzu Kanda'') foi uma casa real (canda) do [[Reino do Congo]], governando o país em várias oportunidades tanto por guerras ou eleições. Durante a guerra civil congolesa havia um provérbio que afirmava os Quimpanzo como motivo das guerras no país. O provérbio dizia; ''"[[Língua congo|Kikongo]]; Kinlaza, Kimpanzu ye Kinlaza makukwa matatu malambila Kongo" ([[Língua portuguesa|Português]]; Quincanga, Quimpanzo e Quinlaza são as três pedras nas quais Kongo cozinhava).''
 
== Origens ==