Diferenças entre edições de "Trácia Setentrional"

19 bytes adicionados ,  09h05min de 2 de maio de 2021
sem resumo de edição
 
[[Ficheiro:Thrace modern state boundaries.png|thumb|direita|300px|A Trácia Setentrional corresponde ao território da Trácia (hachurado) no território da moderna Bulgária.]]
{{Ver desambig|outros significados|Trácia (desambiguação)}}
'''Trácia Setentrional''' ({{lang-bg|Северна Тракия - ''Severna Trakiya''}}) é a maior subdivisão da região histórica da [[Trácia]], juntamente com a [[Trácia Ocidental]] e [[Trácia Oriental]], e a maior delas. A região localiza-se na [[Bulgária Meridional]] e refere-se a todo o território circunscrito ao norte pela [[cordilheira dos Balcãs]], a oeste pelo [[rio Mesta]], ao norte das fronteiras com a Grécia e a Turquia e a oeste da costa do [[mar Negro]]. A região abrange [[Sredna Gora]], a [[Planície da Trácia Superior]] e 90% dosdo [[Montanhas Ródope|Ródope]]s. O clima varia do [[clima continental|continental]] até o [[clima de alta montanha|montanhoso]]. Os rios mais importantes da região são o [[Maritsa]] e seus afluentes. As cidades mais importantes são [[PlovdivPlovedive]], [[Burgas]], [[Stara Zagora]], [[Sliven]], [[Haskovo]], [[YambolIambol]], [[Pazardzhik]], [[AsenovgradAsenovgrado]], [[Kardzhali]], [[Dimitrovgrad (Bulgária)|Dimitrovgrad]], [[Kazanlak]] e [[Smolyan]].
 
A região já fez parte dos impérios [[Segundo Império Búlgaro|Búlgaro]] e [[Império Bizantino|Bizantino]] antes da [[Conquista otomana da Bulgária|ocupação gradual otomana]] no século XIII. Os [[turcos otomanos]] criaram a província autônoma da [[Rumélia Oriental]] na Trácia Setentrional em 1878. A região foi finalmente anexada ao [[Reino da Bulgária]] em 1885<ref>[http://books.google.com/books?id=u9Lq_8Ozf5cC&pg=PA1518&dq=northern+thrace++rumelia&hl=bg&ei=xIvvTK3jOIzvsgbt24z_Cg&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=4&ved=0CDUQ6AEwAw#v=onepage&q=northern%20thrace%20%20rumelia&f=false Encyclopedia of the Stateless Nations: L-R, James Minahan, Greenwood Publishing Group, 2002, ISBN 0-313-32111-6, p. 1518.]</ref>.