Estação Michel-Ange - Molitor

Michel-Ange - Molitor
Plataforma da linha 9.
Uso atual Estação de metropolitano
Administração RATP Metrô de Paris
Linhas Linhas 9, 10
Código 0710
Tipo de estação Subterrânea
Plataforma 3
Informações históricas
Inauguração Paris Metro 8.svg, Paris Metro 10.svg 30 de setembro de 1913
Paris Metro 9.svg 08 de novembro de 1922
Localização
Localização 37, Rue Michel-Ange; 34, Rue Molitor
Próxima estação
Sentido Pont de Saint-Cloud Paris Metro 9.svg Sentido Mairie de Montreuil
Exelmans Michel-Ange - Auteuil
Michel-Ange - Molitor
Sentido Boulogne Paris Metro 10.svg Sentido Gare d'Austerlitz
Boulogne - Jean Jaurès Chardon-Lagache
Michel-Ange - Molitor

Michel-Ange - Molitor é uma estação das linhas 9 e 10 do Metrô de Paris, localizada no 16.º arrondissement de Paris.

LocalizaçãoEditar

A estação está situada no cruzamento entre a rue Michel-Ange e a rue Molitor, as plataformas sendo estabelecidas:

HistóriaEditar

A estação foi aberta em 30 de setembro de 1913 com o lançamento da primeira extensão da linha 8 de Beaugrenelle (hoje Charles Michels) para Porte d'Auteuil.

Deve o seu nome à sua proximidade com a rue Michel-Ange, por um lado, que presta homenagem a Michelangelo, escultor, pintor, arquiteto, poeta e urbanista florentino do Alto Renascimento, bem como à rua Molitor do outro lado, assim nomeado em homenagem a Gabriel Molitor, marechal da França[2].

Em 8 de novembro de 1922, a estação da linha 9 foi aberta por sua vez por ocasião da inauguração de seu primeiro trecho entre Trocadéro e Exelmans.

Durante a noite de 26 a 27 de julho de 1937, a estação da linha 8 foi transferida para a linha 10 após o remanejamento das linhas 8, 10 e da linha antiga 14. O serviço entre Porte d'Auteuil e Jussieu foi prestado apenas dois dias depois, em 29 de julho, se limitando inicialmente a La Motte-Picquet - Grenelle a leste.

Como parte do programa “Renovação do Metrô” da RATP, os corredores da estação e a iluminação da plataforma das duas linhas foram renovados em 27 de julho de 2010[3].

Em 2011, 1 939 507 passageiros entraram nesta estação (os passageiros em correspondência entre as duas linhas de metrô não são contados)[4]. Foram 2 027 976 em 2012[5]. Em 2013, a estação viu entrar 2 097 256 passageiros, o que a coloca na 243ª posição entre as estações de metrô por sua frequência em 302[6][7].

Serviços aos passageirosEditar

AcessosEditar

A estação tem uma única entrada intitulada "Rue Molitor", constituída de uma escada fixa que conduz à direita do no 38 da rue Michel-Ange, na esquina da rue Molitor perto do no 37 desta última. É ornado com um dos raros candelabros Val d'Osne remanescentes, projetados no início dos anos 1920, bem como com uma balaustrada do tipo Dervaux.

PlataformasEditar

As plataformas da linha 9, com 75 metros de comprimento, são de configuração padrão: duas plataformas laterais, elas são separadas pelas vias do metrô e a abóbada é elíptica. A decoração é do estilo utilizado pela maioria das estações de metrô: as faixas de iluminação são brancas e arredondadas no estilo "Gaudin" da renovação do metrô da década de 2000, e as telhas em cerâmica brancas biseladas recobrem os pés-direitos, a abóbada, os tímpanos e as saídas dos corredores. Os quadros publicitários são em faiança de cor de mel e o nome da estação também é em faiança. Os assentos de estilo "Motte" são de cor azul.

A configuração da estação na linha 10 é específica: também com 75 metros de comprimento, possui duas vias enquadrando uma plataforma central sob uma abóbada elíptica e todos os trens que aí marcam a parada estão com destino a Gare d'Austerlitz. A via situada ao norte é usada para os raros trens em proveniência de Porte d'Auteuil (1o metrô da manhã, bem como circulações adicionais no final das manifestações no Parc des Princes), a do sul para o tráfego "normal" na linha de Boulogne-Billancourt[1]. A decoração é clássica com telhas em cerâmica brancas biseladas recobrindo a abóbada, os pés-direitos e os tímpanos, enquanto que a iluminação é fornecida por uma faixa-tubo. Os quadros publicitários são metálicos e o nome da estação é inscrito em placas esmaltadas, em letras maiúsculas nos pés-direitos e na fonte Parisine na plataforma. Os assentos de estilo “Akiko” são de cor bordô.

IntermodalidadeEditar

A estação possui apenas uma conexão, com a linha 62 da rede de ônibus RATP, somente na direção de Porte de France.

Pontos turísticosEditar

A estação fica perto de uma tesouraria (1re division) em 37, rue Molitor, da Igreja de Saint-François-de-Molitor em 44, rue Molitor e da capela do convento Marie Reparatrice em 29, rue Michel-Ange. O collège e o lycée de Notre-Dame-des-Oiseaux também são acessíveis a partir desta estação[8].

Galeria de fotografiasEditar

Referências

  1. a b Carto.metro, Station Michel-Ange - Molitor, em carto.metro.free.fr (consultado em 11 de janeiro de 2014).
  2. « Rue Molitor », em www.v2asp.paris.fr (consultado em 12 de janeiro de 2014).
  3. «SYMBIOZ - Le Renouveau du Métro». www.symbioz.net 
  4. Entradas anuais provenientes de fora da estação (via pública, correspondências de ônibus, rede SNCF, etc.), no site data.ratp.fr (consultado em 5 de novembro de 2012).
  5. Entradas anuais provenientes de fora da estação (via pública, correspondências de ônibus, rede SNCF, etc.), no site data.ratp.fr (consultado em 11 de janeiro de 2014).
  6. Tráfego anual de entradas por estação (2013), no site data.ratp.fr (consultado em 31 de agosto de 2014).
  7. O número de 302 estações não inclui a estação fictícia Funicular de Montmartre. Esta última é de fato considerada como uma estação de metrô (e dois pontos de parada) pela RATP e anexada estatisticamente à linha 2, razão pela qual a RATP anuncia 303 estações e não 302.
  8. Mairie de Paris 16e, paris-16.plan-interactif.com (consultado em 11 de janeiro de 2014).

BibliografiaEditar

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Michel-Ange - Molitor