Eu Odeio o Big Bróder

filme de 2013 dirigido por Evandro Berlesi
(Redirecionado de Eu odeio o Big Bróder)
Eu Odeio o Big Bróder
Cartaz - Eu odeio o Big Bróder
 Brasil
2013 •  cor •  127 min 
Direção Evandro Berlesi
Produção Evandro Berlesi
Produção executiva Alexandre Leeh
Roteiro Evandro Berlesi
Elenco Marcelo Maresia
Marcelo Dourado
Danny Gris
Rogério Beretta
Jairo Mello
Melissa Mayer
Música Sacolé de Pus
Felipe Chagas
Edição Evandro Berlesi
Companhia(s) produtora(s) Alvoroço Filmes
Idioma português
Orçamento R$ 0,00

Eu Odeio o Big Bróder é um filme brasileiro de 2013 dirigido por Evandro Berlesi, é o terceiro longa metragem do projeto Alvoroço em Alvorada da produtora Alvoroço Filmes que realiza filmes de baixo orçamento com atores profissionais e estudantes de interpretação para o cinema.[1]

A produção apresenta o ator Marcelo Maresia no papel central e conta com as participações especiais dos atores Danny Gris, Rogério Beretta e do campeão do BBB 10, Marcelo Dourado. Destaque para Andressa Matos, deficiente visual que interpreta Kellen, a filha de Braddock.[2][3][4]

Em outubro de 2012, 57 pessoas foram selecionadas para integrar o elenco do filme, após participarem gratuitamente de oficinas de interpretação para cinema, começaram as filmagens que duraram de janeiro a maio de 2013. O DVD do filme só foi lançado em março de 2014, após obterem sucesso numa campanha de crowdfunding para a finalização do projeto.[5]

EnredoEditar

O filme é uma comédia que conta a história de Gordo Braddock, um ex-flanelinha que passou a vida tentando entrar no programa Big Brother, até ser humilhado em uma entrevista regional. Frustrado com seus problemas pessoais: a pressão de sua mãe megera e as dificuldades de sua filha deficiente visual, Braddock acorda de seu "sonho imbecil" e decide vingar-se.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

"Eu Odeio o Big Bróder" foi o terceiro longa-metragem gravado pelo projeto Alvoroço Filmes. O filme foi realizado sem orçamento. Durante as filmagens tentou-se o recurso de uma rifa vendida entre amigos, porém a rifa deu prejuízo ao invés de lucro. A última cena do filme foi gravada no Rio de Janeiro, porém por falta de orçamento, o ator principal teve que viajar sozinho para o Rio, levando consigo a câmera. As imagens foram captadas por Michael Fernandes, um cameraman contatado via Facebook pelo diretor do filme. O filme começou a ser gravado no dia 8 de janeiro de 2013, juntamente com a estreia do programa BBB 13. Depois de algumas diárias, o ator Eduardo Toledo que interpretava o personagem central Gordo Braddock, abandonou a produção sendo substituído pelo músico Marcelo Maresia.[6] Faz parte da programação do canal Cine Brasil TV desde outubro de 2014.

Referências