Eugène-François Vidocq

Eugène-François Vidocq (Pronúncia em francês: [øʒɛn fʁɑ̃swa viˈdɔk]; nascido em 23 de julho de 1775[1] – morto em 11 maio 1857) foi um criminoso e criminalista francês cuja vida inspirou inúmeros escritores, como Victor Hugo, Honoré de Balzac (na criação da personagem Vautrin), Edgar Allan Poe e Conan Doyle.[2] Foi um forçado que se tornou o fundador e primeiro diretor da Sûreté Nationale (Segurança Nacional, em francês),[3] polícia especializada em investigações criminais, bem como o chefe da primeira agência de detetives particulares.[2] É, por isso, considerado o pai da criminologia moderna.

Eugène-François Vidocq
Nascimento 24 de julho de 1775
Arras
Morte 11 de maio de 1857 (81 anos)
Paris
Cidadania França
Cônjuge Fleuride-Albertine Maniez
Ocupação detetive, escritor, agente da polícia, militar, detetive particular
Assinatura
Vidocq signature.svg

Referências

  1. Memórias de Vidocq, disponíveis online em francês no Projeto Gutenberg.
  2. a b The Vidocq Society: 'The Heirs of Sherlock Holmes'?, disponível online em inglês, consultado em 21/02/2013
  3. Vidocq: Convict Turned Detective Magnifique, disponível online em inglês, consultado em 21/02/2013.

Ver tambémEditar