Abrir menu principal
Eugênio Lopes Barcelos
Nascimento 23 de agosto de 1892
Valença
Morte 3 de março de 1961 (68 anos)
Petrópolis
Cidadania Brasil
Ocupação jornalista, advogado

Eugênio Lopes Barcellos (Valença, 23 de agosto de 1892Petrópolis, 3 de março de 1961) foi um jornalista, advogado, desportista, membro do Rotary Club e político brasileiro.

BiografiaEditar

Filho de João Francisco Barcellos e Elvira Lopes Barcellos, formou-se advogado em 1914. Foi jogador de futebol, sendo fundador do Petropolitano Foot-Ball Club, em 4 de julho de 1911, sendo seu presidente até 1914.[1] Fundou o jornal O Século em 1º de janeiro de 1920. Elogiado orador,[2] foi o primeiro presidente da Academia Petropolitana de Letras em 23 de agosto de 1922. Afastou-se da mesma, retornando em 1944 para ocupar a cadeira nº 23, cujo patrono era Augusto Meschick. Participou da fundação do Rotary Club de Petrópolis, em 12 de setembro de 1928, sendo responsável pelo setor de advocacia.[3] Em 24 de novembro de 1960, recebeu o título de cidadão petropolitano.[4]

Na política, foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Petrópolis, ocupando o cargo de prefeito diversas vezes por licenciamento do titular, Oscar Weinschenck.

Ver tambémEditar

Referências