Abrir menu principal
Santo Eulógio de Alexandria
Iluminura de Santo Eulógio.
c. 985, no Menológio de Basílio II.
Patriarca grego ortodoxo de Alexandria; Confessor
Nascimento séc. VI em Síria
Morte 13 de setembro de 608
Veneração por Igreja Católica e Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 13 de setembro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Eulógio de Alexandria foi o patriarca grego ortodoxo de Alexandria entre 580 e 608. Ele combateu com sucesso muitas heresias então correntes no Egito, principalmente as várias fases do monofisismo. Ele foi um correspondente de São Gregório Magno, de quem recebeu muitos elogios e expressões de admiração.[1]

Índice

Vida e obraEditar

Eulógio refutou os novacianos, que ainda mantinha algumas comunidades muito antigas em sua diocese, e justificou a união hipostática das duas naturezas de Cristo (tema que estava no cerne da controvérsia monofisita), contra Nestório e contra Eutiques. O cardeal Baronius[2] afirmou que Gregório desejava que Eulógio sobrevivesse a ele, reconhecendo-o como uma voz da verdadeira fé.

Além dos comentários contra as várias seitas monofisitas (severianos encratitas, teodosianos, cainitas e os acephali), Eulógio também deixou onze discursos em defesa do papa Leão I e do Concílio de Calcedônia, além de uma obra contra os agnoetae, submetida por ele, antes da publicação, à aprovação de Gregório que, após algumas observações, autorizou que fosse publicada quase que inalterada. Com exceção de um sermão e uns poucos fragmentos, todas as obras de Eulógio se perderam.

Ver tambémEditar

Referências

  1. E.g. Gregório, o Grande. «30». Epístolas (em inglês). VIII. [S.l.]: Ccel.org. Consultado em 27 de outubro de 2012 
  2. Ad Ann. 600, nº 5

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

  • «Eulogius (581–608)» (em inglês). Site oficial do Patriarcado Grego Ortodoxo de Alexandria e toda a África. Consultado em 25 de dezembro de 2011 
Eulógio I de Alexandria
(581 - 607)
Precedido por:  
Patriarcas grego ortodoxos de Alexandria
Sucedido por:
João IV 37.º Teodoro I