Abrir menu principal

Evandro Caiaffa Esquivel (Santos, 10 de agosto de 1906 - Diadema, 18 de julho de 1983) foi um professor e político brasileiro[1].

Eleito vereador de São Bernardo do Campo em 1951[2], foi um dos principais defensores da emancipação da região conhecida na época como Vila Conceição, que se tornaria o atual município de Diadema[3]. Convocou em fevereiro de 1958 uma reunião de moradores do distrito, iniciando a campanha que levaria ao plebiscito que aprovou a criação do município, em dezembro daquele mesmo ano[4].

Logo após a aprovação da criação do município, Esquivel foi eleito como seu primeiro prefeito, em 1959. Voltou a se eleger para o cargo em 1968[5].

Em 2007, documentos de Esquivel e de sua mulher, Sílvia Esquivel, foram doados ao Centro de Memória de Diadema[6].


Referências

  1. Centenário do 1º prefeito de diadema terá missa e ato solene na câmara dia 10 - Câmara Municipal de Diadema - Notícias
  2. Site da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. «Legislaturas». Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  3. Site Portal Diadema. «História». Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  4. Diadema, 40 anos de evolução - Câmara Municipal de Diadema
  5. Site da Câmara Municipal de Diadema (11 de agosto de 2006). «EMOÇÃO MARCA ATO SOLENE EM HOMENAGEM A EVANDRO CAIAFFA ESQUÍVEL». Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  6. Centro de Memória de Diadema recebe documentos históricos. ABCD Maior, 26 de novembro de 2007


Precedido por
-
Prefeito de Diadema
1960 - 1963
Sucedido por
Lauro Michels
Precedido por
Lauro Michels
Prefeito de Diadema
1969 - 1972
Sucedido por
Ricardo Putz