Explosão da plataforma Deepwater Horizon

categoria de um projeto da Wikimedia

A explosão da plataforma Deepwater Horizon ocorreu no dia 20 de abril de 2010, uma terça-feira, no Golfo do México, nos Estados Unidos. O desastre consistiu na explosão da plataforma de petróleo semi-submersível Deepwater Horizon que pertence à Transocean e que estava sendo operada pela BP, afundando na quinta-feira seguinte à explosão, depois de ficar dois dias em chamas. Uma grande mancha de óleo espalhou-se e chegou à costa da Louisiana e a outros estados.[1] Houve 22 trabalhadores que ficaram feridos e 11 faleceram.[2]

Deepwater Horizon offshore drilling unit on fire 2010.jpg
Imagem de satélite da NASA mostrando a mancha de óleo em 25 de abril de 2010.

ExplosãoEditar

A torre estava na fase final da perfuração de um poço, no qual iriam reforçar com concreto.[3] Este é um processo delicado, pois há possibilidade de os fluidos do poço serem libertos descontroladamente.[3] No dia 20 de abril de 2010 houve uma explosão na torre, e esta incendiou-se. Morreram 11 pessoas em consequência deste acidente, 14 outros foram encontrados com vida. Sete trabalhadores foram evacuados para a estação aérea naval em Nova Orleães e levados para o hospital. Barcos de apoio lançaram água à torre na tentativa de extinguir as chamas. Deepwater Horizon afundou-se em 22 de abril de 2010,[4] em águas de aproximadamente 1,5 mil metros de profundidade, e os seus restos foram encontrados no leito marinho a aproximadamente 400 metros a noroeste do poço.[5]

O derrame de petróleo resultante prejudicou o habitat de centenas de espécies de aves.[6]

EstancamentoEditar

A BP anunciou em 17 de julho de 2010 ter conseguido estancar temporariamente o derrame de petróleo,[7] depois de instaladas novas válvulas que conseguiram travar o derrame.

Referências

  1. Mancha de petróleo no golfo do México já triplicou de tamanho. Folha de S. Paulo.
  2. «O que está sendo feito para conter o vazamento de óleo?» (em português). AFP/Terra. 1º de maio de 2010. Consultado em 2 de maio de 2010 
  3. a b Campbell Robertson; Liz Robbins (22 de abril de 2010). The New York Times , ed. «Oil Rig Sinks in the Gulf of Mexico». Consultado em 22 de abril de 2010 
  4. Jessica Resnick-Ault; Katarzyna Klimasinska (22 de abril de 2010). «Transocean Oil-Drilling Rig Sinks in Gulf of Mexico». Bloomberg. Consultado em 22 de abril de 2010 
  5. «Deepwater Horizon Incident, Gulf of Mexico». National Oceanic and Atmospheric Administration , Office of Response and Restoration. 21 de abril de 2010. Consultado em 25 de abril de 2010. Arquivado do original em 29 de abril de 2010 
  6. "Bird Habitats Threatened by Oil Spill" from National Wildlife Magazine 4/30/2010
  7. «BP prolongou período de testes do sistema que está a travar derrame no Golfo do México». Público.pt. Consultado em 17 de julho de 2010. Arquivado do original em 14 de junho de 2011 

Ver tambémEditar