Face oeste das Drus

A Face oeste das Drus ou Face do pequeno Dru de Les Drus no Maciço do Monte Branco é uma das famosas paredes dos Alpes - termo geralmente empregue em alpinismo para designar uma vertente ou face - e essa fama deve-o aos seus 1 000 m de altura, de serem a pique com uma inclinação média de 75 o e ao seu aspecto majestoso defronte do Montenvers do outro lado da Mer de Glace.

Face oeste. A parte mais clara, à direita, é a do desabamento em 2005

As vias mais (re)conhecidas são:

  • a Directa americana, na parte lateral esquerda
  • o Coluna Bonatti, à direita
  • a via Pierre Allain

Pierre Allain que fez a primeira da face norte em 1935, disse que seria certamente impossível subir pela face oeste, mas em 1952 A. Dagory, Guido Magnone, Lucien Bérardini e M. Lainé, em dois assaltos sucessivos em Jul. 1952 - 1 a 5 Jul. e depois de 17 a 19 , mas onde faz uma utilização intensiva da escalada artificial.

Directa americanaEditar

Esta directa foi aberta por dois americanos, Gary Hemming e Royal Robbins, entre 24 e 26 de Jul. 1962 e tornou-se uma clássica.

A directíssima da americana é efectuada do 10 ao 13 dE Agosto de 1965 por John Harlin e Royal Robbins.

Coluna BonattiEditar

Do 17 ao 22 de Ago. 1955 o italiano Walter Bonatti escala, em solitário, o pilar Sudoeste com cinco bivouacs, ascensão que é considerada como um dos maiores feitos da história do alpinismo. É em sua homenagem que se ficou a chamar Coluna Bonatti - Pilier Bonatti. Infelizmente, ela desapareceu quase por completo depois do desabamento em 2005[1] - [2] - [3] (Ver as imagens nas referências).

VideoEditar

Procurar em Youtube; Walter Bonatti au pilier des Drus - Chamonix

Referências