Abrir menu principal

Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo

(Redirecionado de Faculdade de Odontologia de Bauru)

A Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (conhecida como FOB) é uma unidade da Universidade de São Paulo em Bauru, localizada na cidade de Bauru. A faculdade foi criada em 1948 e implantada efetivamente em 1962. Ela conta atualmente com cursos nas áreas de odontologia, de fonoaudiologia e de medicina, sendo constituída por 6 departamentos de ensino, com 118 docentes e 233 servidores administrativos, operacionais e técnicos que, juntamente com seus alunos de graduação e pós-graduação.[1]

HistóriaEditar

A história da implantação do campus de Bauru começa com a criação da Faculdade de Farmácia e Odontologia de Bauru (FFOB) pela lei nº 161, de 24 de setembro de 1948. No entanto, por questões financeiras, somente em 1962 foi possível o início de seu funcionamento provisório no prédio do grupo escolar "Silvério São João". Sua denominação foi mantida até março de 1965, quando o decreto nº 44.622 alterou-a para Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Em 1967, foi fundado o Centro de Pesquisa e Reabilitação de Lesões Lábio-Palatais da USP, que por meio de portaria do reitor Miguel Reale, em março de 1973 foi transformado em Centro Interdepartamental da FOB e em março de 1976, pelo decreto do então governador Paulo Egydio Martins transformou-se no Hospital de Anomalias Craniofaciais.[2]

Em 4 de julho de 2017, o Conselho Universitário (Co) da USP aprovou a criação de um novo curso de medicina que será vinculado à Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP e oferecerá 60 vagas no vestibular. O número de vagas será aumentado gradativamente, com 80 vagas em 2020 e 100 vagas a partir de 2021.[3]

No dia 6 de julho de 2018, foi assinado, na sede do Governo paulista, o decreto que cria oficialmente o Hospital das Clínicas de Bauru. Foi assinado também, na cerimônia, o termo de cessão de uso das Unidades 1 e 2 do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP, que permitirá à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES-SP) fazer as adequações estruturais necessárias para o espaço compor o complexo do HC de Bauru.[4]

Referências

  1. USP (ed.). «Faculdade de Odontologia de Bauru». Consultado em 2 de novembro de 2017 
  2. USP (ed.). «Prefeitura do Campus». Consultado em 2 de novembro de 2017 
  3. Jornal da USP, ed. (4 de julho de 2017). «USP aprova curso de Medicina em Bauru». Consultado em 2 de novembro de 2017 
  4. «Decreto cria oficialmente o Hospital das Clínicas de Bauru – HRAC-USP Bauru». hrac.usp.br. Consultado em 4 de dezembro de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.