Abrir menu principal

Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro

faculdade privada sem fins lucrativos em Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro
Brasão+FS..
FSBRJ
Fundação 1921 (como Escola Teológica da Congregação Beneditina do Brasil)
Tipo de instituição Privada confessional
Mantenedora Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro
Localização Rio de Janeiro (cidade), Rio de Janeiro
Diretor(a) Dom Anselmo Chagas de Paiva, OSB
Docentes 31
Campus Rio de Janeiro (cidade)
Afiliações Pontifício Ateneu de Santo Anselmo, Roma
Página oficial www.faculdadesaobento.org.br

A Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro (FSBRJ) é uma instituição de ensino superior privada, localizada no centro do município do Rio de Janeiro, no Brasil. É mantida pelo Mosteiro de São Bento.

Índice

HistóriaEditar

As suas atividades tiveram início em 1921, junto ao Mosteiro de São Bento, com o nome de "Escola Teológica da Congregação Beneditina do Brasil". No início, funcionava exclusivamente em âmbito interno, ou seja, apenas para os monges beneditinos. Após alguns anos, passou a ser aberta também para outros religiosos e seminaristas, bem como para leigos interessados no aprofundamento das verdades da fé, tendo, como base, a filosofia e a teologia. Em 1928, se transferiu para a Cela São Gerardo, no número um da Rua Ferreira de Almeida, no bairro do Alto da Boa Vista[1]. Em 1938, se mudou para o Priorado de São Bernardo, em Três Poços. Em 1947, voltou para o Rio de Janeiro. Em 1956, interrompeu suas atividades, vindo a retomá-las em 1960. Em 1973, substituiu o regime seriado pelo de créditos.

Em 1977, o curso de teologia passou a conferir grau eclesiástico de bacharel aos seus concluintes, por ter se afiliado ao Pontifício Ateneu de Santo Anselmo, em Roma. A partir de 1999, se desvinculou do Capítulo Geral da Congregação Beneditina do Brasil, passando a ficar vinculado juridicamente ao Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, com a denominação de "Instituto de Filosofia e Teologia de São Bento". No ano de 2001, ingressou no ministério da educação com o pedido de reconhecimento oficial por parte do governo brasileiro. No de 2004, foi concedida a autorização do governo brasileiro para o seu funcionamento, passando a chamar-se, desde então, "Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro"[2].

 
Vitral da Faculdade

AtividadesEditar

A Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro tem, como objetivo, oferecer uma formação adequada, profunda e ampla da Palavra de Deus contida na Sagrada Escritura e inspirada e transmitida pela tradição viva da Igreja. Visa, ainda, à formação dos cristãos católicos, tornando-os capazes de produzir, traduzir e aplicar os conhecimentos teológicos, bíblicos, filosóficos e históricos recebidos nos mais diversos campos de atuação do homem, promovendo a vivência e o anúncio do Evangelho, sob a orientação da tradição apostólica e do magistério da Igreja Católica, depositária das verdades da fé e da moral cristãs, na perspectiva da edificação do Reino de Deus.

Atualmente, oferece cursos de graduação em filosofia e teologia, bem como diversos cursos de pós-graduação lato sensu e cursos de extensão[3].

Referências

  1. Prefeitura tomba capela no Alto da Boa Vista. Disponível em http://www.osb.org.br/oqueha.html. Acesso em 5 de agosto de 2012.
  2. História e missão. Site da Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro. Disponível em http://www.faculdadesaobento.org.br/historico Arquivado em 2 de setembro de 2012, no Wayback Machine.. Acesso em 5 de agosto de 2012.
  3. Site da Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro. Disponível em http://www.faculdadesaobento.org.br/. Acesso em 5 de agosto de 2012.
  • ALMEIDA, Emanuel; MEDEIROS, Matias, (Orgs). Coletânea Tomo I: homenagem a D. Estevão Bettencourt OSB. Rio de Janeiro: Lumen Christi, 1990.
  • ALMEIDA, D. Emanuel de. Coletânea Tomo II: 400 anos Mosteiro de São Bento Rio de Janeiro Homenagem. Rio de Janeiro: Lumen Christi, 1991

Ligações externasEditar