Abrir menu principal

Fator VIII

gene da espécie Homo sapiens

O factor VIII de coagulação (FVIII) é uma proteína essencial para a coagulação do sangue, também chamada factor antihemofílico (AHF). Nos humanos o factor VIII é codificado pelo gene F8 do cromossoma X.[1][2]

Os defeitos neste gene originam hemofilia A, um transtorno de coagulação recessivo ligado ao cromossoma X.[3] O factor VIII produz-se nas células sinusoidais do fígado e em células endoteliais não-hepáticas localizadas por todo o corpo. Esta proteína circula na corrente sanguínea na forma inactiva, unida a outra molécula chamada factor de von Willebrand, até que se produza uma lesão que danifica os vasos sanguíneos.[4] Em resposta a uma destas lesões, o factor de coagulação VIII é activado e separa-se do factor de von Willebrand. A proteína activa (que se costuma denominar factor VIIIa) interage com outro factor de coagulação chamado factor IX. Esta interacção inicia ma cadeia de reacções químicas adicionais que forma um coágulo sanguíneo.[4]

O factor VIII participa na coagulação do sangue; é um co-factor do factor IXa, o qual, na presença de Ca2+ e fosfolipídeos, forma um complexo que converte o factor X na sua forma activada Xa. O gene do factor VIII produz dois transcritos por splicing alternativo. A variante de transcrição 1 codifica uma grande glicoproteína, a isoforma a, que circula no plasma e associa-se ao factor de von Willebrand num complexo não covalente. Esta proteína sofre múltiplos eventos de clivagem. A variante de transcrição 2 codifica uma putativa pequena proteína, a isoforma b, que consta principalmente do domínio de união a fosfolipídeos do factor VIIIc. Este domínio de união é essencial para a actividade coagulante.[5]

As pessoas com altos níveis de factor VIII apresentam maior risco de sofrer trombose venosa profunda e embolia pulmonar.[6] O cobre é um co-factor necessário para o factor VIII e a deficiência de cobre aumenta a actividade do factor VIII.[7]

Existe uma formula farmacêutica com factor VIII que está na Lista modelo de medicinas essenciais da OMS, onde figuram as medicinas mais importantes necessárias num sistema de higiene básico.[8]

Referências

  1. Toole JJ, Knopf JL, Wozney JM, Sultzman LA, Buecker JL, Pittman DD, Kaufman RJ, Brown E, Shoemaker C, Orr EC (1984). «Molecular cloning of a cDNA encoding human antihaemophilic factor». Nature. 312 (5992): 342–7. PMID 6438528. doi:10.1038/312342a0 
  2. Truett MA, Blacher R, Burke RL, Caput D, Chu C, Dina D, Hartog K, Kuo CH, Masiarz FR, Merryweather JP (October 1985). «Characterization of the polypeptide composition of human factor VIII:C and the nucleotide sequence and expression of the human kidney cDNA». Dna. 4 (5): 333–49. PMID 3935400. doi:10.1089/dna.1985.4.333  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Antonarakis SE (July 1995). «Molecular genetics of coagulation factor VIII gene and hemophilia A». Thrombosis and Haemostasis. 74 (1): 322–8. PMID 8578479  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. a b «NIH: F8 - coagulation factor VIII». National Institutes of Health 
  5. «Entrez Gene: F8 coagulation factor VIII, procoagulant component (hemophilia A)» 
  6. Jenkins PV, Rawley O, Smith OP, O'Donnell JS (June 2012). «Elevated factor VIII levels and risk of venous thrombosis». British Journal of Haematology. 157 (6): 653–63. PMID 22530883. doi:10.1111/j.1365-2141.2012.09134.x  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. Milne DB, Nielsen FH (March 1996). «Effects of a diet low in copper on copper-status indicators in postmenopausal women». The American Journal of Clinical Nutrition. 63 (3): 358–64. PMID 8602593  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «19th WHO Model List of Essential Medicines (April 2015)» (PDF). WHO. April 2015. Consultado em May 10, 2015  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)