Federação da Austrália

Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Federalismo australiano.

A federação da Austrália foi um processo no qual as seis colônias britânicas de Austrália Meridional, Austrália Ocidental, Nova Gales do Sul, Queensland, Tasmânia e Victoria constituíram uma federação em 1º de janeiro de 1901 para formar a Comunidade da Austrália, estabelecendo um sistema de federalismo na Austrália. Inicialmente, Fiji e Nova Zelândia participaram deste processo, mas depois optaram por se separar.[1]

Quando a Constituição da Austrália entrou em vigor, em 1º de janeiro de 1901, as colônias se tornaram estados da nova entidade territorial. Após a federação, as seis colônias que formam a Comunidade da Austrália mantiveram o sistema de governo (com legislatura bicameral) da época em que eram colônias separadas, mas também concordaram em ter um governo federal responsável por assuntos relacionados à nação inteira.

Referências

  1. «Fiji and Australian Federation. – (From the Herald's own Correspondent.) Melbourne, Monday». The Maitland Mercury and Hunter River General Advertiser. 25 de outubro de 1883. Consultado em 8 de maio de 2016 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Federação da Austrália
  Este artigo sobre História da Austrália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.