Abrir menu principal
Fernandes Machado
Nascimento 30 de agosto de 1875
Rio de Janeiro
Morte Desconhecido
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Alma mater Escola Nacional de Belas Artes
Ocupação pintor

Joaquim Fernandes Machado (Rio de Janeiro, 1875 - Rio de Janeiro, data desconhecida), mais conhecido como Fernandes Machado, foi um pintor brasileiro. Em 1901, foi agraciado com o prêmio de viagem ao estrangeiro, o que lhe permitiu estudar na Académie Julien, em Paris, França.[1][2]

Estudou na Escola Nacional de Belas Artes, sob a orientação de artistas como José Maria de Medeiros, Rodolfo Amoedo e Henrique Bernardelli.[1]

Recebeu a medalha de ouro da ENBA, em 1908.[3] Participou da Exposição Geral de Belas Artes, nessa instituição, na maior parte de suas realizações entre 1895 e 1924.[1]

Posse da Amazônia, no Museu Paulista.

Uma das obras de Fernandes Machado, Posse da Amazônia, de 1925, foi selecionada para compor o acervo sobre os bandeirantes no Museu Paulista, com Ciclo da caça ao índio, de Henrique Bernardelli, e Ciclo do ouro, de Rodolfo Amoedo. A obra representa a tomada das florestas da Região Norte por Pedro Teixeira.[4]

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b c Cultural, Instituto Itaú. «Fernandes Machado | Enciclopédia Itaú Cultural». Enciclopédia Itaú Cultural 
  2. «MACHADO, Joaquim Fernandes». www.brasilartesenciclopedias.com.br. Consultado em 21 de maio de 2018 
  3. Cultural, Instituto Itaú. «Exposição Geral de Belas Artes (15. : 1908 : Rio de Janeiro, RJ) | Enciclopédia Itaú Cultural». Enciclopédia Itaú Cultural 
  4. Valladão, Claudia de Mattos (2003). «Da Palavra à Imagem: sobre o programa decorativo de Affonso Taunay para o Museu Paulista». Anais do Museu Paulista (6-7). ISSN 0101-4714