Final da Taça dos Campeões Europeus de 1960–61

A Final da Taça dos Campeões Europeus de 1960-61 foi realizada no Wankdorf Stadium, em Berna, em 31 de maio de 1961, e viu o Benfica jogar contra o Barcelona. Esta foi a primeira final a não incluir o Real Madrid, que disputou e venceu as cinco finais anteriores. O Benfica levantou o troféu pela primeira vez, batendo o Barcelona por 3-2.[1]

Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1960–61
Evento
Data 31 de Maio de 1961
Local Estádio Wankdorf, Berna
Árbitro Gottfried Dienst
Público 26,732

O meio-campista do Benfica, Mario Coluna, quebrou o nariz no oitavo minuto da partida; não querendo arriscar mais dano e ainda marcou o terceiro gol do Benfica no jogo. 

Detalhes do jogoEditar

31 de Maio de 1961 Benfica   3 – 2   Barcelona Wankdorf Stadium, Berna

Águas   31'
Ramallets   32' (o.g.)
Coluna   55'
Kocsis   21'
Czibor   75'
Público: 26,732
Árbitro: Gottfried Dienst
     
 
 
Benfica
     
 
 
Barcelona
GK 1   Alberto da Costa Pereira
DF 2   Mário João
DF 3   Germano de Figueiredo
DF 4   Ângelo Martins
DF 5   José Neto
MF 6   Cruz
MF 7   José Augusto
MF 8   Joaquim Santana
FW 9   José Águas (c)
MF 10   Mário Coluna
FW 11   Domiciano Cavém
Manager:
  Béla Guttmann
 
GK 1   Antoni Ramallets (c)
DF 2   Foncho
DF 3   Enric Gensana
DF 4   Sígfrid Gràcia
DF 5   Martí Vergés
MF 6   Jesús Garay
MF 7     László Kubala
MF 8   Sándor Kocsis
MF 9   Evaristo de Macedo
FW 10   Luis Suárez
FW 11   Zoltán Czibor
Manager:
  Enrique Orizaola

ReferênciaEditar