Flash Airlines

Flash Airlines foi uma empresa aérea privada sediada em Cairo, no Egito.[1] A companhia aérea operou em voos comerciais não regulares de passageiros em rotas domésticas e internacionais.

Flash Airlines
Um Boeing 737-300 da Flash Airlines no Aeroporto de Paris-Charles de Gaulle em 2003
IATA 7K
ICAO FSH
Indicativo de chamada FLASH
Fundada em 1995 (como Heliopolis Airlines)
Encerrou atividades em Março de 2004
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional de Xarmel Xeique
Frota 2
Sede Cairo, Egito
Sítio oficial www.flashtour.com

HistóriaEditar

A companhia aérea foi fundada em 1995 como Heliopolis Airlines. Em 1996 recebeu seu certificado de operação das autoridades egípcias. Em 2000 tornou-se um membro do grupo Flash. Durante esse ano, a Flash Airlines tinha um 737-300 e depois adquiriu-se um outro 737-300 em 2002.[2]

Em 2002, o Departamento Federal de Aviação da Suíça inspecionou o SU-ZCF, e descobriu que estava sem documento de navegação e que as reservas de combustível não eram calculadas segundo os padrões internacionais e que a sinalização de emergência estava parcialmente "inutilizavel". As autoridades suíças afirmaram que a inspeção no segundo avião da Flash Airlines e afirmaram "essencialmente os mesmos defeitos". Como a empresa não conseguiu comprovar que havia resolvido os problemas, a Flash foi proibida de voar na suíça poucos dias depois.[3] A Polónia também proibiu a Flash Airlines, enquanto os operadores turísticos da Noruega pararam de contratar a empresa.

Segundo a companhia aérea, seus aviões eram equipados com equipamentos de navegação de última geração e seus pilotos tinham pelo menos 5.000 horas de vôo. No início de 2004 o SU-ZCF operando o voo 604 caiu de Sharm el Sheikh para Paris via Cairo. A investigação subsequentemente expôs as medidas precárias de segurança inadequadas e a desorientação do piloto, o que levou a falência da Flash Airlines.

FrotaEditar

Frota da Flash Airlines[4]
Aeronaves Quantidade Período de operação
Boeing 737-3Q8 2 2001-2004
Frota da Heliópolis Airlines[5]
Aeronaves Quantidade Período de operação
Airbus A310 1 1997-1999
Boeing 737-3Q8 3 2000-2001
McDonnel Douglas MD-83 1 1996-1998

AcidentesEditar

ReferênciasEditar

  1. «www.flashtour.com/ (em inglês)». Consultado em 8 de maio de 2013. Arquivado do original em 12 de dezembro de 1998 
  2. «Flash (em ingles)». web.archive.org. 13 de dezembro de 2000. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  3. Brasil), Alexandre Barros (Aviação (6 de janeiro de 2004). «Suíça diz que Flash Airlines tinha 2 aviões sem condições». Portal Aviação Brasil. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  4. «Flash Airlines Fleet | Airfleets aviation (em ingles)». www.airfleets.net. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  5. «Heliopolis Airlines Fleet | Airfleets aviation». www.airfleets.net. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  6. Paris, Ana Navarro Pedro. «Uma curta viagem sem sobreviventes». PÚBLICO. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  7. Ranter, Harro. «ASN Aircraft accident Boeing 737-3Q8 SU-ZCF Sharm el Sheikh (em inglês)». aviation-safety.net. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  Este artigo sobre uma companhia aérea da África é um esboço relacionado ao Projeto Aviação. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.