Abrir menu principal
Folktronica
Origens estilísticas
Contexto cultural Década de 2000
Instrumentos típicos

Folktronica é um gênero de música que inclui vários elementos do folk e electronica, muitas vezes apresentando amostras de instrumentos acústicos, especialmente instrumentos de cordas, e incorporando elementos do hip hop, dance e música eletrônica.[1][2] Laptops são geralmente utilizados durante o processo de gravação, e por vezes, em apresentações ao vivo.[3] O The Ashgate Research Companion to Popular Musicology descreve folktronica como "um termo que abrange diversos estilos de artistas que combinam as batidas mecânicas do dance com elementos de folk e rock acústico."[4]

HistóriaEditar

O termo Folktronica foi cunhado pelo escritor de música Jim Byers no extinto site BurnitBlue.com, durante a proliferação de rótulos como o Twisted Nerve de Manchester, responsável pelo surgimento de Badly Drawn Boy mas com as suas origens na música eletrônica. Mais tarde foi usado para descrever a música que vem de Kieran Hebden e seu projeto Four Tet, desde 2001.[5][6] Segundo a Matt LeMay da Pitchfork Media, em 2001, os artista de pós-pop Momus lançaram um álbum intitulado Folktronic deliberadamente explorando (e satirizando) a fusão.[7] Um gênero similar é "Laptop pop", que se refere a uma forma ligeiramente mais minimalista de folk eletrônico.

Gravações chave do gênero, de acordo com o The Sunday Times, incluem as canções Pause de Four Tet, Mother's Daughter and Other Songs de Tunng e The Milk of Human Kindness de Caribou.[8]

Mesmo sendo algo aparentemente novo, o termo também é usado hoje para descrever o som de alguns grupos surgidos em meados dos anos 1990, como Beta Band, por exemplo.

Referências

  1. Smyth, David (2004). "Electrifying folk: Folktronica, new folk, fuzzy folk – call it what you will. Laptops are replacing lutes to create a whole new sound". [S.l.]: Evening Standard. 31 páginas 
  2. Empire, Kitty (2003). "Up front on the verge: Four Tet, aka Kieran Hebden". [S.l.]: The Observer. 14 páginas 
  3. Clarke, Paul (2003). "Collective: folktronica". [S.l.]: BBC.co.uk 
  4. Scott, Derek B. (ed.) (2016). The Ashgate Research Companion to Popular Musicology. Abingdon, UK: Routledge. ISBN 978-0-7546-6476-5 
  5. Harley, Kevin (2010). "Four Tet: There Is Love in You". [S.l.]: he Independent. 24 páginas 
  6. Brown, Jonathan, and Kinnear, Lucy (2008). "The real school of rock". [S.l.]: The Independent. 10 páginas 
  7. Matt LeMay (27 de fevereiro de 2001). «Momus: Folktronic». Consultado em 9 de abril de 2010 [ligação inativa]
  8. Clayton, Richard (2009). "Folktronica: Encyclopedia of Modern Music". [S.l.]: Times Online