Forte de Santa Catarina (Cádis)

Forte de Santa Catarina (Cádis)
Santa-catalina-garita.jpg
Apresentação
Tipo
Castelo, monumento, fortificação (en), cannery (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Proprietário
Estatuto patrimonial
Bien en el Catálogo General del Patrimonio Histórico Andaluz (d)
Bem de Interesse Cultural (, )Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

O Forte de Santa Catarina localiza-se no município de Cádis, província de Cádis, na comunidade autónoma de Andaluzia, na Espanha.

Forte de Santa Catarina, Espanha: portão de armas.
Forte de Santa Catarina, Espanha: capela de Santa Catarina de Alexandria.

HistóriaEditar

Após o ataque anglo-neerlandês de 1596 o rei Filipe II de Espanha determinou ao arquitecto militar Cristóbal de Rojas, através da Real Cédula de 25 de outubro de 1597, a construção desta fortificação.

Erguida em uma ponta rochosa da praia de La Caleta, contra a vontade da população, o arquitecto faleceu durante as obras que, finalizadas, ficaram aquém do projecto original.

Sob o reinado de Carlos II de Espanha, ergueu-se a capela, sob a invocação de Santa Catarina de Alexandria e da Imaculada Conceição (1693).

Posteriormente, em 1769, Carlos III de Espanha converteu-a em prisão militar para personalidades de destaque como por exemplo os homens que se negavam a ir a guerra e combates, na maioria dos casos esses eram Testemunhas de Jeová Desse modo, passaram pelas suas dependências além de liberais, elementos ligados ao processo de independência das colónias espanholas na América.

O Ministério de Defesa da Espanha deixou de utilizar as suas instalações em 1991.

Actualmente é utilizado para iniciativas culturais, nomeadamente aquelas ligadas ao Festival de Cinema Alcances.

CaracterísticasEditar

O forte apresenta planta pentagonal estrelada.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar