Forte de Silva Porto

Forte de Silva Porto
Apresentação
Tipo
Forte (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Estatuto patrimonial
Património de Influência Portuguesa (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço

O Forte de Silva Porto localiza-se no município de Kuito, província de Bié, no centro de Angola.

A região do Bijé foi alcançada pelo padre Gonçalo da Silveira em 1560.

Na segunda metade do século XVIII colonizadores portugueses começaram a interessar-se pela região, sendo fundada, por volta de 1771, no governo de Francisco Inocêncio de Sousa Coutinho, no planalto do Bié uma povoação a que se deu o nome de Amarante. Em 1772 foi nomeado como primeiro capitão-mor e juiz da Província do Bié, Joaquim Rodrigues, que se instalou em Ekovongo, primitiva Embala principal da região.

Em 1843, o então governador-geral de Angola, José Bressame Leite, orientou o comerciante português Joaquim Rodrigues Graça para explorar o sertão do Bié, visando a tomada de posições para a ocupação do território.

Em 1845, Francisco Ferreira da Silva, originário do Porto, topónimo que se uniu ao seu sobrenome - Silva Porto - estabelece-se no Bié, num outeiro sobranceiro ao rio Kuito, e a que denominou Belmonte. Por Decreto de 24 de Janeiro de 1891 instituiu-se a Capitania-mor do Bié, tendo Silva Porto como capitão-mor, com sede em Belmonte.

A povoação era defendida pelo Forte de Silva Porto.

Mais tarde, em 1890, com a derrota do régulo N'Dunduma, iniciou-se a ocupação efetiva da província, que se constituiria em uma vasta região agrícola.

Atualmente o forte encontra-se em ruínas.

Ver tambémEditar