Fraates II de Pártia

Fraates II de Pártia, filho de Mitrídates I de Pártia (171 a.C.128 a.C.), conquistador da Babilónia, governou o Império Parto desde 138 a.C.[1] até 128 a.C.. O seu império foi atacado, em 130 a.C., por Antíoco VII (138–129 a.C.), governante do Império Selêucida. Antíoco VII, no entanto, apesar do sucesso inicial, foi derrotado e morto numa grande batalha na Média, em 129 a.C., que acabou por resultar no fim do domínio dos selêucidas a este do rio Eufrates. Entretanto, a Pártia foi invadida pelos Citas, que tinham ajudado Antíoco VII. Fraates II ripostou contra esta invasão mas foi derrotado e morto.

Fraates II de Pártia
Fraates II de Pártia
Αργυρό τετράδραχμο π. 129 π.Χ., 30 χλστ., 16,24 γραμ. Εμπρός όψη: κεφαλή με διάδημα. Πίσω όψη: θεός επί δίφρου κρατεί Νίκη και κέρας αφθονίας, επιγρ. ΒΑΣΙΛΕΩΣ ΜΕΓΑΛΟΥ ΑΡΣΑΚΟΥ ΝΙΚΗΦΟΡΟΥ. Το μονόγραμμα δείχνει ότι κόπηκε στη Σελεύκεια επί τού Τίγρητος.
Nascimento século II a.C.
Império Parta
Morte 127 a.C.
Império Parta
Progenitores
Irmão(ã)(s) Rodoguna da Pártia
Ocupação rei
Religião zoroastrismo

Reinado editar

Fraates foi o filho e sucessor de Mitrídates I da Pártia,[2] um dos filhos de Friapácio.[3]

Ele iniciou seu reinado atacando a Síria selêucida, em retaliação aos ataques de Antíoco contra a Pártia, e ofereceu dinheiro para ter a ajuda dos citas, mas estes acharam a remuneração insuficiente, e reclamaram de terem entrado tarde demais na guerra, pedindo uma recompensa maior ou outro inimigo para atacar.[2] Ofendidos pela resposta dura de Fraates, eles atacaram a Pártia, e Fraates teve que interromper a campanha contra a Síria para defender seu país.[2]

Morte editar

Fraates deixou Himerus tomando conta do reino, mas este oprimiu a Babilónia e outras cidades com crueldade tirânica.[2] Fraates levou para a campanha um grupo de gregos que haviam sido capturados na guerra contra Antíoco, e que ele tratava com orgulho e severidade; porém quando os persas começaram a recuar, estes gregos se passaram para o inimigo e destruíram o exército persa e o rei Fraates.[2]

Fraates foi sucedido por seu tio Artabano I.[4]

Referências

  1. A. T. Olmstead, Cuneiform texts and hellenistic chronology
  2. a b c d e Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 42.1 [la] [en] [en] [fr] [ru]
  3. Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 41.5 [la] [en] [en] [fr] [ru]
  4. Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 42.2 [la] [en] [en] [fr] [ru]

Precedido por
Mitrídates I de Pártia
Rei da Pártia
138 a.C.127 a.C.
Sucedido por
Artabano I de Pártia


Árvore genealógica baseada em Justino, com uma extrapolação (Artabano I filho de Friapácio):

Friapácio I
Fraates I
Mitrídates I
Artabano I
Fraates II