Abrir menu principal
Francesca Michielin
Informação geral
Nome completo Francesca Michielin
Nascimento 25 de fevereiro de 1995 (24 anos)
Local de nascimento Bassano del Grappa, Província de Vicenza
 Itália
Gênero(s) Pop, Rock, Blues rock, Folk rock
Instrumento(s) piano
Período em atividade 2011 - atualmente
Outras ocupações Cantora, compositora
Gravadora(s) Sony Music
Página oficial www.francescamichielin.it

Francesca Michielin (Bassano del Grappa, 25 de fevereiro de 1995) é uma cantora italiana. Durante a sua juventude, ingressou em competições de canto e venceu o The X Factor. Como efeito, entrou para Sony Music, pela qual lançou seus primeiros trabalhos discográficos. Francesa irá representar a Itália no Festival Eurovisão da Canção 2016 em Estocolmo,na Suécia.

Índice

Vida pessoalEditar

Francesca Michielin nasceu em 25 de fevereiro de 1995 em Bassano del Grappa, Província de Vicenza. Filha de Vanna Moro e Tiziano Michielin, tem apenas um irmão, Filippo.[1][2] Sua primeira aproximação com o mundo da música iniciou-se quando ela começou a frequentar aulas de piano, e mais tarde ela começou a estudar baixo também.[3] Aos 14 anos, começou a cantar música gospel junto ao coral da igreja de sua comunidade.[4] Graças a seu irmão, ela desenvolveu um interesse em música rock, e mais tarde ela estava centrada em artistas como Bon Iver, Jeff Buckley e Damien Rice.[5]

Carreira artísticaEditar

2011-12: The X FactorEditar

Michielin ingressou na quinta temporada do The X Factor, cantando "Whole Lotta Love" de Led Zeppelin.[6][5] Orientada por Simona Ventura, durante as apresentações ao vivo, ela cantou músicas como "Someone Like You" de Adele, "Roadhouse Blues" de The Doors e "Higher Ground" de Stevie Wonder.[7][8][9]

Em 29 de dezembro de 2011, durante a semi-final, Michielin cantou pela primeira vez a canção inédita "Distratto", escrita por Elisa Toffoli e Roberto Casalino.[10] Na semana seguinte, na final em 5 de janeiro de 2012, ela foi anunciada como a vencedora, ficando a frente dos vice-campeões I Moderni.[11] O prêmio foi um contrato discográfico com a Sony Music, estimado no valor de 300 mil euros.[12]

Distratto e Riflessi di meEditar

Em 6 de janeiro de 2012, "Distratto" foi lançado para download digital através de extended play (EP) contendo mais três faixas "Whole Lotta Love", "Someone Like You" e "Higher Ground".[13] Seis dias depois, em 12 de janeiro, a canção estreou na primeira posição do Italian Singles Chart, e recebeu a certificação de platina duplo pela Federation of the Italian Music Industry (FIMI), por vendas superiores a 60 mil exemplares.[14][15][16] A canção foi incluída no extended play (EP) homônimo Distratto lançado em 24 de janeiro de 2012.[17] O EP contém regravações de suas versões cantadas durante sua participação no The X Factor.

Seu segundo single, "Sola", foi lançado em 31 de agosto de 2012. Esta faixa promocional, procede seu álbum de estreia intitulado Riflessi di me, que tem as colaborações do produtor Andrea Rigonat e dos cantores-compositores Elisa Toffoli e Roberto Casalino.[18]

Referências

  1. Gian Maria Collicelli (9 de janeiro de 2012). «Francesca torna fra i banchi ma solo per un'ora. Poi diretta a Radio 105». Corriere del Veneto (em italiano). Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  2. «X Factor, Francesca torna a casa». Il Secolo XIX (em italiano). 7 de janeiro de 2012. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  3. Stefano Rossi (8 de janeiro de 2012). «X-Factor, Francesca? "Talento naturale"». Il Giornale di Vicenza (em italiano). Consultado em 13 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 2 de agosto de 2012 
  4. «Francesca - Il Profilo» (em italiano). The X Factor (Itália). 10 de novembro de 2011. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  5. a b Andrea Laffranchi (7 de janeiro de 2012). «Francesca, scuola e rock. "Così non mi brucerò"». Corriere della Sera (em italiano). Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  6. «Francesca Michielin - Biografia» (em italiano). Rockol.it. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  7. Eleonora Cazzaro (18 de novembro de 2012). «Francesca incanta "X Factor". "La rivelazione sei tu"». Corriere del Veneto (em italiano). Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  8. «Per X Factor semifinale a doppia eliminazione, Venditti ospite della serata» (em italiano). Adnkronos. 28 de dezembro de 2011. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  9. «Tv: X Factor, domani la sfida tra i magnifici 9» (em italiano). Adnkronos. 7 de dezembro de 2011. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  10. Gian Maria Collicelli (30 de dezembro de 2011). «La sedicenne di Bassano conquista la finalissima». Corriere del Veneto (em italiano). Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  11. Carlo Moretti (6 de janeiro de 2012). «X Factor, vince Francesca e tra Asia e Morgan scoppia la pax televisiva». la Repubblica. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  12. «X Factor 5: la storia del successo di Francesca Michelin» (em italiano). RSS Notizie. 7 de janeiro de 2012. Consultado em 13 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 9 de setembro de 2012 
  13. «Distratto (X Factor 2011) - EP di Francesca Michielin» (em italiano). iTunes. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  14. «Musica: classifiche, ancora in vetta 'L'amore e' una cosa semplice' di Tiziano Ferro» (em italiano). Adnkronos. 12 de janeiro de 2012. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  15. «Top Digital Download - Classifica settimanale dal 02/01/2012 al 08/01/2012» (em italiano). Federation of the Italian Music Industry. Consultado em 13 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 18 de outubro de 2013 
  16. «Certificazione Single Digital dalla settimana 1 del 2009 alla settimana 12 del 2012» (PDF) (em italiano). Federation of the Italian Music Industry. 3 de abril de 2012. Consultado em 3 de abril de 2012. Arquivado do original (PDF) em 14 de julho de 2013 
  17. «Distratto, il CD di Francesca Michielin» (em italiano). BOL.it. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  18. «Francesca Michielin non canta più da Sola». TGCOM (em italiano). Mediaset. 30 de agosto de 2012. Consultado em 30 de agosto de 2012