Frantisek Retz

Frantisek Retz (13 de setembro de 167319 de novembro de 1750) foi um padre jesuíta boémio, décimo quinto superior geral de 1730 a 1750.[1]

Frantisek Retz
Nascimento 13 de setembro de 1673
Praga
Morte 19 de novembro de 1750 (77 anos)
Roma
Alma mater
  • Universidade Palacký
Ocupação pedagogo, jesuíta
Religião catolicismo

FormaçãoEditar

Depois de ingressar nos jesuítas com a idade de 16 anos (em 1689) e fazer seu noviciado, ele estudou na Faculdade de Filosofia (1692-1694) e na Faculdade de Teologia (1700-1703) da Universidade de Olomouc. Obteve o doutorado em filosofia (Olomouc, 1703) e teologia (Praga, 1709) e parecia destinado a lecionar as mesmas disciplinas.[2][3][4]

Em RomaEditar

Mal tinha começado a fazê-lo, foi chamado a Roma (1711) para ocupar um cargo administrativo. Provincial da Boêmia (atual República Tcheca) (1718–20) e Reitor do grande Liceu de Praga (1720–23) foi chamado a Roma em 1725 pelo então Superior Geral Michelangelo Tamburini como seu Assistente para os assuntos da Europa Central. Com a morte de Tamburini (1730) Retz, como Vigário Geral da Sociedade, chamada de Congregação Geral.[2][3][4]

Superior GeralEditar

A décima sexta Congregação Geral o elegeu Superior Geral. A votação foi quase unânime (68 de 70). Sua hábil administração contribuiu muito para o bem-estar da Sociedade; obteve a canonização de São João Francisco Régis (1738) e usou o exemplo do santo para promover o trabalho missionário nas áreas rurais.

O generalato do padre Retz foi talvez o mais silencioso da história da ordem. Houve dificuldades na Polônia, mas as missões no exterior desenvolveram-se como nunca antes. A Sociedade continuou crescendo continuamente. No momento de sua morte, era composta por trinta e nove províncias, vinte e quatro casas de padres professos, 669 colégios, sessenta e um noviciados, 335 residências, 273 estações missionárias, 176 seminários e 22 589 membros, dos quais 11 293 eram sacerdotes.[2][3][4]

ReferênciasEditar

  1. Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.
  2. a b c Catholic Encyclopedia (1913) - article Jesuit Generals Prior to the Suppression of the Society (1541-1773)" by John Hungerford Pollen, a publication now in the public domain.
  3. a b c «ALO docView - 25 Biographisches Lexikon des Kaisertums Österreich (1868)». www.literature.at. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  4. a b c Martin Svatoš: Der Generalobere der Gesellschaft Jesu P. Franz Retz und die Einführung der Bußmissionen in den böhmischen Ländern. Bohemia, 2008 (48), Heft 1.


Precedido por
Michelangelo Tamburini
Superior Geral da Companhia de Jesus
1730–1750
Sucedido por
Ignazio Visconti


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.