Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Frederico.
Frederico
Chefe rúgio
Reinado fl. década de 487 - ca. 493
Nascimento século V
  Nórico
Morte século V
Religião Cristianismo

Frederico (em latim: Fredericus), também variadamente mencionado como Friderico (Fridericus), Friderígio (Friderigius) e Fridirico (Fridiricus), foi um nobre rúgio que esteve ativo no final do século V.

VidaEditar

 
Síliqua de Teodorico, o Grande (r. 474–526)

Frederico era filho do rei Feleteu e sua esposa Gisa e sobrinho de Ferderuco. Aparece em 486/487, quando mata seu tio. Em 487, quando os rúgios foram derrotados e Feleteu foi capturado pelo rei da Itália Odoacro, Frederico fugiu às terras rúgias em Nórico e depois para Nova, na Mésia II, onde encontrou-se, em 488, com os ostrogodos de Teodorico, o Amal. Talvez acompanhou Teodorico em sua campanha contra Odoacro na Itália em 488/489.[1]

Durante dois anos houve assentamentos rúgios em Ticino, onde, devido sua conduta selvagem e sem lei, tornar-se-iam impopulares. Os autores da Prosopografia do Império Romano Tardio presumem que Frederico era líder dos rúgios e que tais eventos ocorreram entre 490-492, ou seja, após Teodorico partir para sitiar Ravena em 490.[2]

Em 493, Frederico traiu Teodorico e aparentemente aliou-se com Tufa até brigarem entre si. Tufa e Frederico travaram uma batalha entre Tridento e Verona na qual o segundo saiu vitorioso. É incerto se Frederico viria a render-se a Teodorico ou se seria derrotado em batalha pelo último.[2]

Referências

  1. Martindale 1980, p. 484-485.
  2. a b Martindale 1980, p. 485.

BibliografiaEditar

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1980). The prosopography of the later Roman Empire. 2. A. D. 395 - 527. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press