Frederico Curado

Frederico Fleury Curado (Rio de Janeiro, 1961)[1] é um engenheiro mecânico brasileiro, foi diretor presidente da Embraer de 2007 a 2016.[2][3] Atualmente, é diretor presidente do Grupo Ultra.[4][5]

Frederico Curado
Nome completo Frederico Fleury Curado
Nascimento 1961 (59 anos)
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Engenharia mecânica
Prêmios Prêmio Tony Jannus (2012)

BiografiaEditar

Natural do Rio de Janeiro, formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), é um executivo que assumiu a presidência da então EMBRAER em 2007, sucedendo Maurício Botelho.

Assumirá a função de CEO em 2 de outubro do grupo Ultra donos dos postos Ipiranga e da Ultragaz.

Frederico Curado recebeu um título de bacharel em engenharia mecânica-aeronáutica pelo ITA, uma pós-graduação em comércio exterior pela Fundação Getúlio Vargas e um mestrado executivo em administração de empresas pela Universidade de São Paulo.[6]

Referências

  1. «Fred Curado: um engenheiro à frente da Embraer». Consultado em 7 de março de 2014. Arquivado do original em 7 de março de 2014 
  2. «Executive Profile: Frederico Pinheiro Fleury Curado» (em inglês). Bloomerg Businessweek. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  3. «Frederico Curado por Antonio Maciel». Época Negócios. Consultado em 7 de fevereiro de 2014 
  4. «Ex-presidente da Embraer será novo CEO do grupo Ultra». G1 
  5. «Ex-Embraer vai assumir Ultrapar». epocanegocios.globo.com 
  6. «Frederico Curado at a glance» (em inglês). Forbes. Consultado em 7 de fevereiro de 2014 


  Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.