Fundação Abrinq

A Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, ou simplesmente Fundação Abrinq, é uma fundação de direito privado,[1] sem fins lucrativos, constituída em 13 de fevereiro de 1990 - ano da promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente - com o objetivo de mobilizar a sociedade para questões relacionadas aos direitos da infância e da adolescência, tanto por meio de ações, programas e projetos, como por meio do estímulo ao fortalecimento de políticas públicas de garantia à infância e adolescência.

É mantida por pessoas, empresas e organizações nacionais e internacionais que lutam pela causa da criança e do adolescente. Direta ou indiretamente, mais de cinco milhões de crianças já foram beneficiadas pelo trabalho da Fundação, pautada por ações que buscam:

  • Oferecer a crianças e adolescentes o acesso à educação, saúde, cultura, lazer, formação profissional e inclusão digital.
  • Proteger crianças e adolescentes que sofrem violação de seus direitos ou que estão em situação de risco, por meio do combate ao trabalho infantil e da proteção de crianças e adolescentes nas diferentes formas de violência.
  • Sensibilizar e conscientizar a sociedade, o setor público, as organizações da sociedade civil e as empresas para se posicionar e participar das questões da infância e da adolescência do nosso país.

A participação nos trabalhos da Fundação inclui o voluntariado, doações, investimentos, apoio técnico e profissional. Para além dessas formas, empresas podem se candidatar a receber o selo Empresa Amiga da Criança e prefeituras podem se alinhar aos objetivos do programa Prefeito Amigo da Criança.

???Editar

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «Fundação Abrinq». VIAF (em inglês). Consultado em 16 de dezembro de 2019 

Ligações externasEditar