Abrir menu principal

Günther Heymann (Chemnitz, 28 de junho de 1917)[1] é um médico e imunologista alemão.

Heymann foi desde 1957 membro científico no Instituto Paul Ehrlich em Langen. A partir de 1962 foi diretor comissário do Instituto Paul Ehrlich, sucessor de Richard Prigge, até ser sucedido em 1966 por Niels Jerne.[2]

Recebeu o Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter de 1961.

Referências