Abrir menu principal

Gary Stanley Becker

BiografiaEditar

Nascido em Pottsville, na Pensilvânia, graduou-se na Universidade de Princeton em 1951 e tornou-se doutor pela Universidade de Chicago em 1955. Foi professor na Universidade de Columbia de 1957 a 1968, quando retornou para Chicago, onde ensinou teoria de preços para alunos de graduação. Recebeu a Medalha John Bates Clark em 1967.

Becker foi um economista pioneiro ao aventurar-se em áreas consideradas restritas aos sociólogos, como discriminação racial, crime, organização familiar e drogas (ver Freakonomics). Argumentou que muitos dos diferentes tipos de comportamento humano estão centrados na maximização de utilidades. Becker é também creditado pelo "rotten kid theorem".

Seus trabalhos podem ser categorizados em quatro áreas:

  • investimentos em capital humano
  • distribuição do trabalho e alocação do tempo dentro das famílias
  • crime e punição
  • discriminação nos mercados de trabalho e bens.

Becker recebeu a Medalha Nacional de Ciências em 2000.

Faleceu em 3 de maio de 2014, devido a doença prolongada.[2]

Referências

  1. Gary Becker, Economics Nobel Laureate, Dies at 83 (em inglês)
  2. «Morreu o nobel da Economia Gary S. Becker». Diariodigital.pt. Consultado em 5 de maio de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar