Abrir menu principal
O Muito Honorável
George Canning
FRS
Primeiro-Ministro do Reino Unido Reino Unido
Período 10 de abril de 1827
a 8 de agosto de 1827
Monarca Jorge IV
Antecessor(a) O Conde de Liverpool
Sucessor(a) O Visconde Goderich
Chanceler do Tesouro
Período 10 de abril de 1827
a 8 de agosto de 1827
Monarca Jorge IV
Antecessor(a) O Visconde Goderich
Sucessor(a) John Charles Herries
Secretário de Estado para os
Assuntos Estrangeiros
Período 13 de setembro de 1822
a 20 de abril de 1827
Monarca Jorge IV
Antecessor(a) O Marquês de Londonberry
Sucessor(a) O Visconde Dudley e Ward
Período 25 de março de 1807
a 11 de outubro de 1809
Monarca Jorge III
Antecessor(a) O Visconde Howick
Sucessor(a) O Conde Bathurst
Dados pessoais
Nascimento 11 de abril de 1770
Londres,  Grã-Bretanha
Morte 8 de agosto de 1827 (57 anos)
Londres,  Reino Unido
Progenitores Mãe: Mary Anne Costello
Pai: George Canning, Sr.
Alma mater Christ Church, Oxford
Esposa Joan Scott (1800–1827)
Partido Tory

George Canning (11 de abril de 1770 - 8 de agosto de 1827) foi um político britânico, que serviu como secretário de estado dos negócios estrangeiros e, brevemente, como primeiro ministro do Reino Unido.

Índice

Início da vidaEditar

Filho de comerciantes de vinho falidos, foi criado pelos tios, demonstrando precoce inteligência. Na escola, Canning salientou-se na escrita e no debate.

Início da carreira políticaEditar

Era um whig, entretanto, considerado conservador dentro do partido, principalmente por sua posições a respeito da Revolução Francesa, foi cooptado pelo grupo dos tories. Foi patrocinado por William Pitt, o Novo. Em 1793, com a ajuda de Pitt, Canning tornou-se um membro do parlamento por Newtown na Ilha de Wight.

Primeiros cargos no governoEditar

Em 2 de novembro de 1795, recebeu seu primeiro cargo ministerial: Sub-secretário de Estado para Assuntos Estrangeiros, apoiando Pitt. Renunciou em 1 de abril de 1799. Em 1799, foi comissário do Conselho de Controle e após Paymaster of the Forces em 1800. Apoiou Pitt após a renúncia em 1801. Quando Pitt regressou, tornou-se Tesoureiro da Marinha.

Com a morte de Pitt, deixou o cargo, mas foi indicado como Secretário para Assuntos Estrangeiros no novo governo, o do Duque de Portland, no ano seguinte. Recebeu missões importantes nas Guerras Napoleônicas.

O duelo com lorde CastlereaghEditar

En 1809, Canning entrou em uma série de disputas que o deixaram famoso. Arguiu o Secretário de Estado para Guerras e Colônias, lorde Castlereagh, sobre as tropas que Canning havia prometido enviar a Portugal, mas Castlereagh havia enviado aos Países Baixos.O governo permaneceu paralisado com esta disputa entre os dois. Portland, que ficara doente, prometeu secretamente a Canning, a seu pedido, a substituição de lorde Castlereagh por lorde Wellesley, logo que fosse possível. Castlereagh descobriu a combinação em setembro de 1809. Furioso, desafiou Canning para um duelo, que foi aceito. A disputa ocorreu em 21 de setembro de 1809 e Canning, que nunca havia disparado um tiro de pistola, foi atingido na coxa e perdeu. Portland renunciou como primeiro-ministro e Canning se ofereceu ao rei Jorge III. O rei indicou Spencer Perceval. O consolo de Canning foi a não indicação de Castlereagh.

Outros cargosEditar

Com o assassinato de Perceval em 1812, o novo primeiro-ministro, lorde Liverpool, ofereceu a Canning o posto de Secretário para Assuntos Estrangeiros mais uma vez. Canning recusou, pois desejava ser líder da Câmara dos Comuns e relutava em participar do governo junto com Castlereagh.

Em 1814, tornou-se embaixador britânico em Portugal, retornando ao Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda um ano após. Em 1816, aceitou ser Presidente do Conselho de Controle.

Em 1822, Castlereagh, então marquês Londonderry, cometeu suicídio. Canning sucedeu-o nos cargos de Secretário para Assuntos Estrangeiros e Líder da Câmara dos Comuns. Neste período, ele preveniu a América do Sul para ficar fora da esfera de influência francesa sendo nisto bem sucedido. Ele também apoiou a crescente campanha de abolição da escravatura. A despeito de sua divergência pessoal com Castlereagh, ele continuou muitas de suas políticas, tais como a de que potências da Europa como Rússia e França) não poderiam mediar conflitos entre outros estados. Esta política fortaleceu a imagem na opinião pública de que Canning era um liberal.

Primeiro-ministroEditar

Com a saída do primeiro-ministro Lorde Liverpool em 1827, Canning foi escolhido para sucedê-lo , preferido em relação ao Duque de Wellington e a sir Robert Peel. Envolveu-se na questão de reformas parlamentares , às quais se opunha e os whigs as defendiam. Sua saúde declinou, vindo a falecer. O período que Canning permaneceu como primeiro-ministro foi o mais curto até hoje: 119 dias. Foi sucedido pelo visconde Goderich.

BibliografiaEditar

  • Dixon, Peter George Canning: Politician and Statesman New York: Mason/Charter, 1976
  • Deane, Ciarán The Guinness Book of Irish Facts & Feats Guinness Publishing 1994 ISBN 0-85112-793-2

Ligações externasEditar